De novo? Outra caixa misteriosa aparece em praia da Pituba

salvador
30.08.2021, 15:03:00
Atualizado: 30.08.2021, 15:03:44
(Reprodução/TV Bahia)

De novo? Outra caixa misteriosa aparece em praia da Pituba

Desde julho objetos estão chegando à orla das cidades baianas

Mais uma caixa "misteriosa" foi encontrada na orla de Salvador. Desta vez, o material estava em uma praia do bairro da Pituba, na manhã desta segunda-feira (30).

O objeto, que se assemelha a uma mala e é de borracha, é semelhante às outras caixas que desde julho começaram a aparecer em outras praias da Bahia, mas ainda não há uma confirmação sobre a sua origem. 

Segundo o oceanógrafo Carlos Teixeira, pesquisador no Instituto de Ciências do Mar (Labomar), da Universidade Federal do Ceará (UFC), as outras caixas que surgiram no litoral baiano se desprenderam de um navio nazista alemão, naufragado no fim da Segunda Guerra Mundial, no ano de 1944. Ele está a quase seis mil metros de profundidade.

Primeira aparição
No dia 27 de julho, a primeira caixa misteriosa apareceu na Praia de Santo Antônio, em Mata de São João, litoral norte da Bahia. Quatro dias depois, mais duas 'caixas misteriosas' apareceram, desta vez na Praia do Flamengo, em Salvador.

Desde agosto de 2018, fardos parecidos foram encontrados em praias do Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e até na Flórida, nos Estados Unidos.

De acordo com as pesquisas do professor Carlos Teixeira, em 4 de janeiro de 1944, o SS Rio Grande - o navio alemão usava um nome em português para confundir os inimigos - foi interceptado pelo contratorpedeiro USS Jouett e pelo cruzador USS Omaha no mar entre Natal e a Ilha de Ascensão, no nordeste do Brasil, ponto estratégico para os Aliados - rivais dos nazistas.

Os alemães tentaram fugir, mas foram abatidos pela Marinha Americana. Uma pessoa morreu, 71 ficaram feridas e o navio, junto com sua carga, foi parar a 5,7 mil metros de profundidade - e lá ficou até agosto de 2018.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas