De volta ao sub-23, Eron destaca chance de ser titular do Vitória

e.c. vitória
13.01.2020, 18:21:04
Atualizado: 13.01.2020, 18:56:02
Eron terminou o ano como titular, mas atuando como ponta (Letícia Martins / EC Vitória)

De volta ao sub-23, Eron destaca chance de ser titular do Vitória

Promessa da base, atacante acredita que Baianão pode lhe garantir espaço no time

O Correio oferece acesso livre a todas as notícias relacionadas ao coronavírus. Entendemos que informação séria e confiável é importante nesse momento. Colabore para que isso continue. Assine o Correio.


Eron é tratado como uma joia do Vitória há pelo menos duas temporadas. No entanto, essa promessa nunca recebeu uma oportunidade justa de mostrar seu valor no time profissional. Em 2020, essa não será mais uma desculpa: o atacante terá caminho aberto para brilhar.

O atleta de 21 anos foi integrado ao grupo sub-23 que disputará o Campeonato Baiano sob comando de Agnaldo Liz. Na relação, Eron aparece como principal candidato a vestir a camisa 9 na estreia, no dia 22 de janeiro, às 19h30, contra o Jacobina, no Barradão.

"Começar o ano no sub-23 é uma oportunidade muito grande por jogar o Baiano pelo Vitória. Vai ser importante pela experiência que vai nos dar. Tenho que buscar meu espaço nesse campeonato, manter no decorrer da temporada e chegar ao final do ano com nosso objetivo conquistado de colocar o Vitória de volta na Série A", disse Eron em entrevista coletiva nesta segunda-feira (13).

Cria do rubro-negro, o atacante acumulou na base convocações à seleção brasileira sub-17, tendo disputado Sul-Americano e Mundial. Em 2018, no seu último ano na base, teve uma temporada de destaque: fez cinco gols na Copa São Paulo, quatro no Brasileiro Sub-20 e foi artilheiro do Brasileiro de Aspirantes com 10 gols em 13 jogos.

Eron estreou como profissional na Série A de 2018, já com o Vitória em crise e no Z4. 2019 parecia ser o ano para o atacante receber uma chance digna, com o rubro-negro montando uma equipe sub-23 para iniciar a temporada. Dois empates depois o plano foi abortado e Eron voltou a ser preterido diante de outros centroavantes.

"Acho que em qualquer lugar que você for vai ter pressão sobre o camisa 9. Como sou jogador da base, mostrei meu futebol desde lá e a torcida criou uma expectativa sobre mim. Mas estou bem tranquilo. Tinha essa meta no ano passado de colocar o Vitória na Série A e tenho agora também. Seja de camisa 9 ou de camisa 11 eu quero é estar jogando", comentou.

A carreira de Eron deu uma reviravolta na reta final da última Série B, quando o técnico Geninho o tirou do time de aspirantes e deu a ele chances na equipe principal. Foram 18 jogos, cinco como titular, e um gol marcado. Só que com um detalhe: o centroavante atuou sempre como um ponta.

Agora, sob comando de Agnaldo Liz no Baianão, o atacante diz que não tem preferência de onde jogar: "Ele (Agnaldo Liz) já conversou comigo. Tivemos uma conversa em particular na qual ele me perguntou onde eu me sentia mais confortável. Falei que minha posição de origem é como 9, mas posso atuar também como um 11, pelas beiradas. Meu objetivo é ajudar o Vitória, seja como centroavante ou na beirada".

***

O CORREIO entende a preocupação diante da pandemia do novo coronavírus e que a necessidade de informação profissional nesse momento é vital para ajudar a população. Por isso, desde o dia 16 de março, decidimos abrir o conteúdo das reportagens relacionadas à pandemia também para não assinantes. O CORREIO está fazendo um serviço de excelência para te manter a par de todos os últimos acontecimentos com notícias bem apuradas da Bahia, Brasil e Mundo. Colabore para que isso continue sendo feito da melhor forma possível. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-polemica-com-teste-de-dna-e-traicoes-sthe-vai-processar-abner/
Briga após influencer baiano descobrir que não é o pai de sangue de bebê foi o assunto mais comentado nas redes sociais
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/em-live-com-miley-cyrus-anitta-e-chamada-de-icone-pop-brasileiro/
Cantoras conversaram via Instagram e dançaram Rave de Favela
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/ajustes-deixaram-a-ranger-mais-competitiva/
Em vídeo, Antônio Meira Jr., explica o que mudou na picape da Ford
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-teste-de-dna-e-traicoes-abner-e-sthe-ganham-mais-de-16-mi-de-seguidores/
Treta após baiano descobrir que não é o pai de sangue de bebê foi o assunto mais comentado do mundo nas redes sociais
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/baco-exu-do-blues-lanca-ep-contra-o-tedio-da-quarentena/
Preso em casa, artista produziu nove faixas em três dias
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bolsonaro-muda-o-tom-e-diz-que-coronavirus-e-maior-desafio-da-nossa-geracao/
Presidente criticou isolamento mais rígico e voltou a ser alvo de panelaços; veja vídeos em Salvador
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/leo-picon-admite-ser-o-ex-em-comum-de-manu-gavassi-e-rafa-kalimann/
Participantes do BBB falaram, no programa, que já se relacionaram com a mesma pessoa
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bbb20-dennis-dj-lanca-funk-para-prior-e-manu-baco-canta-a-tropa-do-babu/
Reality show tem mobilizado as redes sociais e famosos têm aderido às torcidas
Ler Mais