Debaixo de chuva, Daniela Mercury arrasta multidão no Campo Grande

carnaval
25.02.2020, 16:22:20
Atualizado: 25.02.2020, 16:55:47
(Inácio Teixeira/Secom)

Debaixo de chuva, Daniela Mercury arrasta multidão no Campo Grande

Ela fez jus a fantasia de Rainha das Águas; mesmo sem bloco, fãs providenciaram abadás rosas com uma foto da cantora

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Eles chegam na frente, como num Ballet, para abrir alas para Daniela Mercury passar. Foliões baianos, doe outros estados e até países como Portugal, França, Uruguai e Espanha, formaram a chamada Pipoca da Rainha nesta terça-feira (25), no Circuito Osmar. 

No início do circuito, mesmo debaixo de chuva, Daniela Mercury já arrastava uma multidão, fazendo jus a fantasia de 'Rainha das Águas'. “Hoje é dia de água e Iemanjá, Oxum, mandaram água pra abençoar esse último dia de Carnaval”, falou ela, que iniciou o circuito cantando Baianidade Nagô. 

CORREIO Folia: confira todas as notícias do Carnaval 2020

O desfile começou pouco antes das 16h e alguns foliões, mesmo sem bloco, providenciaram abadás rosas com uma foto da cantora. “Não existe Carnaval com cultura sem Daniela”, opinou Eliana Rosa, 50, que desde 1987 acompanha a cantora.

Na pipoca, o público foi diverso. De foliões com salto alto a famílias, idosos e estrangeiros. “A gente ama é um vício. Todo ano saímos. Sempre saímos assim. Pensamos antes. Todo carnaval a gente pensa”, disse Juliano Silva, 43, acompanhado do marido Ricardo Arcoverde, 37. Os dois são de Recife e sempre passam o Carnaval em Salvador para acompanhar Daniela. 

(Fotos de Inácio Teixeira/Secom)

Um grupo de pelo menos 10 estrangeiros também veio da Europa e da América Latina para acompanhar a passagem da Rainha. “Conheço desde que tenho 11 anos, quando ela lançou Feijão com Arroz lá. Ela é diferente”, comentou o biólogo Ricardo Alves, 34, que mora em Lisboa.

O CORREIO Folia tem o patrocínio do Hapvida, Sotero Ambiental, apoio institucional da Prefeitura Municipal de Salvador e apoio do Salvador Bahia Airports e Claro

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas