Dedo na ferida: Bahia lança campanha contra o racismo; veja vídeo

e.c. bahia
20.11.2019, 15:01:00
Atualizado: 20.11.2019, 15:04:42

Dedo na ferida: Bahia lança campanha contra o racismo; veja vídeo

Clube dará oficinas a empresas interessadas em 'combater o racismo institucional e estrutural'

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Bahia aproveitou o Dia da Consciência Negra, celebrado nesta quarta-feira (20), para lançar uma campanha em combate ao racismo institucional e estrutural.

A peça publicitária divulgada nas redes sociais tem como protagonista uma professora aposentada. Ela aponta que “tem muita gente dizendo que não é racista, mas anda reproduzindo racismo de todo tipo, esta é a verdade”.

No vídeo de apresentação, o clube afirma que “o racismo está em toda parte, e no Bahia também” antes de convocar a sociedade a “botar o dedo na ferida”, slogan da campanha que tem um site criado para essa finalidade (www.dedonaferida.com.br).

Através do site, estão abertas as inscrições para 50 vagas na oficina Igualdade Racial e Racismo Estrutural, que tem como foco empresas e organizações sociais. As oficinas serão ministradas pelo professor Edson Cardoso, doutor em Educação pela USP, mestre em Comunicação pela UnB e ex-assessor especial da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (de 2011 a 2014).

De acordo com o divulgado pelo Bahia, o clube ainda promoverá oficinas internas diárias sobre o tema até a próxima terça-feira (26). As reuniões serão no Fazendão ou na Fonte Nova e têm como público alvo não só os colaboradores, como também conselheiros, membros de torcidas organizadas, imprensa, Federação Bahiana de Futebol e patrocinadores. O produto final será um documento com protocolo de medidas para promoção da igualdade racial.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas