Delegacia retira da rua criança que pedia comida em sinaleira na Pituba

salvador
30.09.2021, 07:06:00

Delegacia retira da rua criança que pedia comida em sinaleira na Pituba

Moradores denunciaram; mulher que estava com menina não tinha guarda regular

Uma operação da Polícia Civil recolheu uma criança de 4 anos e uma mulher que estavam em situação de mendicância na Avenida Paulo VI, na Pituba, na quarta-feira (29). Segundo a polícia, uma equipe da  Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca) foi até o local após denúncia de moradores da região.

A menina exibia uma placa pedindo alimentos em uma sinaleira. Segundo a polícia, a mulher não tem guarda da garota.."Apesar dela alegar que a criança é sua filha, a menina é mantida sob uma guarda irregular. Nossa assistente social entrou em contato com o Conselho Tutelar”, diz a delegada Simone Moutinho, da Dercca.

As informações iniciais são de que a mulher e a criança são acompanhadas pelo Centro de Referência da Assistência Social de Salvador. “Ela informou que cria a garota desde os nove meses e que não tem notícia dos pais biológicos. A menina foi atendida pela nossa psicóloga”, acrescenta a delegada.

O Conselho Tutelar fez advertência à mulher e fez encaminhamento para regularizar a guarda da menina. as duas foram levadas para casa pelo órgão. 

A delegada lembra que trabalho infantil é crime e pede que a população denuncie situações do tipo. “Apesar de todo contexto socioeconômico que vivemos a exploração do trabalho infantil é crime. A Operação Cinderela vai seguir no combate a estes delitos. Convidamos a sociedade para integrar essa iniciativa, principalmente denunciando no Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), pelo 181. A Dercca conta com equipe multidisciplinar, com assistente social e psicóloga para acolher estas vítimas”, finaliza.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas