Desal fabrica 10 mil protetores faciais para servidores municipais

coronavírus
29.04.2020, 10:50:00
Atualizado: 29.04.2020, 10:51:02
(Foto: Divulgação/Secom)

Desal fabrica 10 mil protetores faciais para servidores municipais

O primeiro lote dos equipamentos já está sendo entregue

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal), fábrica de mobiliário urbano da prefeitura, também entrou na luta contra a Covid-19. Responsável pelo estudo, projeto e desenvolvimento de produção de praças, passarelas e academias de saúde, o órgão começou a produzir protetores faciais feitos de PVC para o uso dos profissionais que atuam na linha de frente de combate à pandemia.

O primeiro lote com 10 mil equipamentos já está sendo entregue aos servidores das secretarias municipais de Saúde (SMS), de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre) e de Ordem Pública (Semop), além da Guarda Civil Municipal (GCM). A medida se une a tantas outras adotadas pela gestão municipal para conter a disseminação do coronavírus. 

Os protetores, que são colocados por cima da máscara convencional, estão sendo fabricados pelo Departamento de Novas Tecnologias e Inovação da Desal, com materiais que já eram usados para confecção de placas de comunicação visual e Equipamentos de Proteção Individual (EPI´s). Compostos de PVC e acetato, os equipamentos possuem um ilhós e um regulador em borracha.

“Avançamos nos estudos e, graças a Deus, deu tudo certo. Após diversos testes de várias modelagens, chegamos ao protetor que está na linha de produção. Nesse primeiro momento são dez mil, mas, havendo necessidade, partiremos para um segundo lote de mais dez mil”, explica o presidente da Desal, Marcílio Bastos. Ele completa que a iniciativa foi alavancada levando em consideração o avanço da contaminação, principalmente, entre os profissionais da área de saúde, ação social e segurança.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas