Descubra as vantagens do estudo em tempo integral

especiais patrocinados
06.09.2018, 02:22:00
 Alunos dispõem de recursos que vão além da sala de aula tradicional (Divulgação)
Estúdio Correio -

Descubra as vantagens do estudo em tempo integral

Em turno complementar, alunos reforçam estudos e desenvolvem atividades artísticas e esportivas

Muito além do ensino dos componentes curriculares obrigatórios, a educação em tempo integral prevê uma escola que estimule o senso crítico, o planejamento da vida e o desenvolvimento das habilidades. Nesta modalidade, o aluno dispõe de recursos que vão além da sala de aula tradicional, em um único turno, favorecendo o desenvolvimento de competências e habilidades não apenas do domínio cognitivo, mas também efetivo e psicomotor.

“No turno complementar, o aluno pratica esporte, estuda, realiza suas tarefas, desenvolve atividades artísticas e lúdicas, inicia sua vida científica e se diverte. Tudo isso num ambiente com infraestrutura adequada, onde são intensificadas as oportunidades de desenvolvimento multidimensional”, explica a diretora pedagógica do Ensino Fundamental do Colégio Vitória-Régia, Alice Ramos. A instituição proporciona a educação em tempo integral para crianças do grupo 3 ao 5º ano do Ensino Fundamental.

Segundo a diretora, a Educação Integral forma bons hábitos de estudo, organização e socialização, incentiva a prática esportiva, proporciona o melhor aproveitamento do tempo, possibilita a orientação dos estudos e das tarefas, amplia o universo cultural, desenvolve hábitos de higiene e melhora a rotina da família, além de proporcionar maior tranquilidade aos pais.

O Tempo Integral foi implantado em 2016, no turno vespertino, na unidade Nobel do Colégio Sartre, no bairro do Itaigara. Promove uma formação educativa complementar, através de atividades que incluem inglês vivencial, prática de atividades físicas e esportivas, recreação, resolução supervisionada das tarefas escolares regulares e atividades artísticas, culturais e lúdicas. Os alunos têm ainda, como parte de sua rotina, almoço e lanche da tarde no restaurante da escola, momento de higiene pessoal e descanso.

Idade certa
A idade adequada para o acesso à escola, assim como o horário das aulas, depende de cada criança e de cada família. Por lei, é obrigatória a matrícula das crianças brasileiras na educação básica a partir dos quatro anos. Mas, muitas crianças entram na escola já a partir dos dois anos, quando apresentam autonomia em termos de movimento. Antes disso é preciso uma estrutura de berçário.

“Desde a mais tenra idade, creches e escolas de educação infantil desenvolvem programas para atender crianças desde os seis meses a cinco anos. Nosso colégio atende crianças a partir de dois anos”, afirmou a supervisora pedagógica do Colégio Ômega, Eneida Souza. Segundo ela, já é sabido que as crianças aprendem porque são curiosas e ávidas pelo desconhecido, e interagem com esse mundo que as cercam.

O Estúdio Correio produz conteúdo sob medida para marcas, em diferentes plataformas.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas