Deslizamento em barragem de rejeitos assusta moradores de Jacobina

bahia
03.12.2020, 05:30:00

Deslizamento em barragem de rejeitos assusta moradores de Jacobina

Material que escorreu da área de apoio atingiu uma caminhonete; ninguém ficou ferido

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um deslizamento na barragem de rejeitos da empresa Yamana Gold, em Jacobina, no centro-norte do estado, atingiu uma caminhonete e assustou moradores da cidade por volta das 14h dessa quarta-feira (2). Não havia ninguém no veículo, e não houve feridos.

Em nota, a empresa explicou que o material que deslizou foi “na área de estoque da barragem onde fica armazenado o material sólido inerte que é utilizado durante as obras de alteamento” do local. “O material escorreu da pilha de estoque, empurrando uma caminhonete que estava estacionada no local (...) Os demais equipamentos continuaram em operação.”

A empresa reforçou ainda que “essa pilha de estoque não tem nenhuma influência na estrutura de segurança da barragem de rejeitos”, que “continua segura e operando normalmente. Não houve dano ambiental”, garantiu a Yamana Gold. As causas do deslizamento serão investigadas.

Confira nota da empresa na íntegra:

A Jacobina Mineração informa que hoje, por volta das 14h, foi registrado um deslizamento de material na área de estoque da barragem de rejeitos da empresa. Essa área é um local de apoio onde fica armazenado o material sólido inerte que é utilizado durante as obras de alteamento da barragem.

O material escorreu da pilha de estoque, empurrando uma caminhonete que estava estacionada no local. Não havia pessoas na caminhonete e o demais equipamentos continuaram em operação.

Importante reforçar que essa pilha de estoque não tem nenhuma influência na estrutura de segurança da barragem de rejeitos. A barragem na JMC continua segura e operando normalmente. Não houve dano ambiental.

Investigação sobre as prováveis causas deste deslizamento estão sendo conduzidas pela empresa.

Continuamos à disposição para mais esclarecimentos.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas