Devotos homenageiam São Cosme e São Damião em Salvador

salvador
27.09.2020, 21:28:00
Atualizado: 27.09.2020, 23:07:19
'Vamos seguir o exemplo de São Cosme e São Damião cuidando de quem sofre', disse Dom Sérgio (Foto: Reprodução/ Redes Sociais )

Devotos homenageiam São Cosme e São Damião em Salvador

Missa Paróquia Santos Cosme e Damião foi Presidida pelo arcebispo de Salvador e primaz do Brasil Sérgio da Rocha

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Uma missa solene na noite deste domingo (27) encerrou as comemorações deste ano em homenagem aos santos gêmeos São Cosme e São Damião. Presidida pelo arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, Dom Sérgio da Rocha, a celebração aconteceu na paróquia devotada aos santos, na Liberdade, mas também foi transmitida pelas redes sociais da igreja para os fiéis que não puderam comparecer presencialmente por conta da pandemia.

“Hoje, de modo especial, vamos lembrar de quem mais sofre com a pandemia, isso inclui os enfermos, já que são Cosme e são Damião foram médicos. Vamos rezar por esses irmãos e irmãs que cuidam dos enfermos como há muito tempo atrás esses santos fizeram”, disse Dom Sérgio durante a homilia.

(Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

Ele reforçou as lições que os santos gêmeos ensinam, principalmente, diante desse cenário de pandemia. “São Cosme e São Damião nos mostram a importância da perseverança e da fidelidade. Nós aprendemos com São Cosme e São Damião essa fidelidade que deve estar sempre no coração de quem segue a Jesus. Nas alegrias, mas também quanto passamos por tempos difíceis como acontece hoje. Vamos seguir o exemplo de São Cosme e São Damião cuidando de quem sofre”, acrescentou.

Só pelo Youtube, a missa foi acompanhada por mais de 400 pessoas. A igreja tradicionalmente ficava lotada nesta época para pedir proteção e agradecer as graças alcançadas por fiéis católicos a São Cosme e São Damião. Responsável pela paróquia, pelo padre Damião Pereira disse que a novena deste ano foi desafiadora.

“Foi a novena mais difícil da minha vida. Deixar de encontrar na igreja tanta gente querida, quando muitos de nossos paroquianos faleceram vítimas do coronavírus fere o nosso coração. Oferecemos a Cristo e nossos padroeiros tudo o que nós poderíamos oferecer”.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas