Dinossauros com cinco metros de altura são 'soltos' em lagoa de Salvador

salvador
05.01.2021, 11:41:00
Atualizado: 05.01.2021, 14:03:45
Animais emitem sons e medem 5 metros (Foto: Arisson Marinho/ CORREIO)

Dinossauros com cinco metros de altura são 'soltos' em lagoa de Salvador

Entregues nesta terça (5), bichos têm nove metros de comprimento e emitem sons

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Eles foram extintos há milhões de anos, mas receberam uma homenagem em Salvador, nesta terça-feira (5). A Lagoa dos Dinossauros foi inaugurada com atrativos que prometem fazer a alegria da criançada, como réplicas dos bichos com cinco metros de altura e nove de comprimento. O local fica no bairro do Stiep, próximo ao antigo Centro de Convenções. Antes, era chamado de Lagoa dos Frades.

Horário de funcionamento é das 6h às 17h (Foto: Arisson Marinho/ CORREIO)

O prefeito Bruno Reis fez a inauguração e contou que o investimento foi de quase R$ 1 milhão. Ele lembrou que a lagoa estava abandonada, tinha muito lixo e que não tinha vida no local. O entorno foi revitalizado e a paisagem mudou.

“Quem está na luta diária enfrentando as adversidades sabe o quanto é difícil construir as coisas. Então, quando a gente faz uma entrega como essa, não posso deixar de mostrar a minha realização pessoal e é isso que nos motiva a trabalhar. Fico tão feliz quanto os moradores que vão aproveitar esse espaço. Estamos entregando essa lagoa para a criançada, e não apenas do Stiep, Costa Azul, Boca do Rio ou Curralinho, mas para toda a cidade que, tenho certeza, virá conhecer esse espaço”, disse.

Visitação acontece de segunda-feira a sábado (Foto: Arisson Marinho/ CORREIO)

O local ficará sob os cuidados da Guarda Municipal e também terá monitoramento por câmeras. O espaço já pode ser visitado e o horário de funcionamento é das 6h às 17h, de segunda-feira a sábado. O uso de máscara é obrigatório e há medição de temperatura dos visitantes. 

Basta uma caminhada pela região para recordar do clássico Jurassic Park e das aventuras vividas pelos personagens do filme. Réplicas de dinossauros em tamanho real foram instaladas no entorno da lagoa, que fica em área de Mata Atlântica, e passam a sensação de que estão soltos.

São dois Tiranossauro Rex, com aproximadamente cinco metros de altura e nove de comprimento cada, seis de Velociraptor, duas de Dilofossauro, uma de Dilofossauro Sinensis, uma de Braquiossauro, uma de Pteranodonte e uma de Anquilossauro. Tudo para dá ares de aventura ao passeio ou piquenique.

Não é apenas o tamanho que impressiona. Quando alguém se aproxima dos dinossauros eles emitem sons, por meio de um sensor de presença e do uso de um aplicativo. As peças foram produzidas, inicialmente, de maneira artesanal no Espaço Maker da Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal). O processo de construção envolveu um estudo prévio sobre como era a anatomia dos dinossauros. 

A Prefeitura explicou que após o estudo e a busca de imagens, foram projetadas as imagens em 3D e as representações em estruturas metálicas. O passo seguinte foi cobrir essas estruturas esculpindo célula por célula com argila. Depois que as peças foram totalmente cobertas e fibradas, elas foram recortadas dando origem à fibra de vidro que é utilizada como forma final.

Antes de receber os dinossauros, a lagoa, que tem 16.470 m², foi revitalizada, ganhando no entorno espaço de convivência, sanitário, novo mobiliário com jogos de bancos e mesa, banheiro para pessoas com deficiência, pergolado, anfiteatro, acessibilidade e quiosques. O esgoto que antes era despejado no local foi desativado. Além disso, a lagoa passou por um processo de aeração, que melhorou as condições da água.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas