Diretora de creche morre após ser esfaqueada por marido na Bahia

bahia
29.08.2019, 19:53:00

Diretora de creche morre após ser esfaqueada por marido na Bahia

Jussimara, 39 anos, ainda foi espancada por vaqueiro, que fugiu após feminicídio

Foto: Reprodução

Foi enterrado nesta quinta-feira (29), em Itaju do Colônia, sul da Bahia, o corpo da diretora de uma creche municipal. Jussimara Barbosa Meneses, 39 anos, foi morta a facadas na noite de terça-feira (27) pelo marido, o vaqueiro Reinaldo Almeida Alves, 48.

Segundo a Polícia Civil, o crime foi registrado como feminicídio e teve como motivação o ciúme que Alves sentia pela esposa, com quem era casado há 20 anos e tem três filhos adolescentes. O crime chocou a cidade de 6 mil habitantes.

O vaqueiro fugiu logo após o crime, que ocorreu por volta das 22h. Antes de dar duas facadas, ele ainda espancou a esposa, o que ocorria rotineiramente na conturbada relação do casal, segundo relato dos filhos à polícia.

O crime, ainda de acordo com a investigação policial, foi premeditado pelo vaqueiro. Isso porque Reinaldo vinha juntando dinheiro e, na véspera da morte, fez um saque de R$ 26 mil, fruto da venda de gado na região. Em seguida, após matar Jussimara, fugiu de moto com o montante.

A Prefeitura de Itaju do Colônia, em nota sobre a morte da diretora da creche, “expressa o mais profundo sentimento de pesar pelo falecimento da funcionária e amiga Jussimara Barbosa de Meneses, que Deus conforte os corações dos amigos e familiares”.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas