Divaldo Franco, líder da Mansão do Caminho, está internado no Sírio Libanês para cirurgia

bahia
27.07.2020, 20:42:00
Atualizado: 28.07.2020, 00:00:54
(Foto: Divulgação/Mansão do Caminho)

Divaldo Franco, líder da Mansão do Caminho, está internado no Sírio Libanês para cirurgia

Médium deu entrada no hospital em São Paulo e deve fazer operação nesta terça (28)

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O médium baiano Divaldo Franco, fundador da Mansão do Caminho, deu entrada, nesta segunda-feira (27), no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, para exames pré-operatórios. O orador espírita, que tem 93 anos, passará por uma cirurgia de correção de três hérnias de disco, problema que afeta a coluna.

De acordo com o centro espírita, o estado de saúde dele é estável e o médium, inclusive, agradeceu às orações de amigos pela sua saúde.  De acordo com a vice-presidente da Mansão, Telma Sarraf, o médium está bem e tranquilo. A cirurgia deve ser feita já nesta terça-feira (28).

Segundo um voluntário da casa, a operação é para solucionar um antigo problema de dores no nervo ciático.

Em maio deste ano, na véspera de seu aniversário, Divaldo Franco lançou o livro Vidas Vazias, ditado por sua guia espiritual Joanna de  ngelis. Como em todas as suas mais de 250 obras, a renda das vendas é revertida para as Obras Sociais Mansão do Caminho, entre os bairros de São Marcos e Pau da Limas, em Salvador. Fundada em 1952 por Divaldo Franco e Nilson Pereira, a instituição atende diariamente cerca de 5 mil pessoas em situação de vulnerabilidade social.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas