DJ Ivis é preso após vídeos que mostram agressões contra ex-mulher

em alta
14.07.2021, 17:39:06
Atualizado: 14.07.2021, 18:32:02
(Foto: Bárbara Moira/O Povo/Rede Nordeste)

DJ Ivis é preso após vídeos que mostram agressões contra ex-mulher

Pamella Holanda denunciou ataques; governador do Ceará confirmou prisão

O cantor, compositor e produtor musical Iverson de Souza Araújo, mais conhecido como DJ Ivis, foi preso nesta quarta-feira (14) em Fortaleza (CE) após vídeos de agressões dele contra a ex-mulher, Pamella Holanda, serem divulgados por ela nas redes sociais, no último final de semana.

A informação da prisão foi confirmada pelo governador cearense Camilo Santana (PT), por meio das redes sociais. "Acabo de ser informado pelo nosso secretário de Segurança da prisão do DJ Ivis, no caso das agressões a Pamella Holanda. A prisão preventiva havia sido solicitada ontem pela nossa Polícia Civil e decretada há pouco pela Justiça. Que responda pelo crime cometido", publicou.

A digital influencer Pamella Holanda, que é ex-mulher de Ivis, vai ser submetida a um novo exame de corpo de delito para que seja definida a gravidade das lesões sofridas após as agressões do artista.

No domingo, Pamella publicou vídeos em que leva chutes, socos e puxões de cabelo durante uma briga do casal e fez BO em 3 de julho na delegacia da cidade de Eusébio, na Grande Fortaleza.

Foto: Reprodução

O delegado adjunto do distrito que investiga o caso, Tarso Facó, informou sobre o novo exame nesta quarta, quando mais uma testemunha do caso foi ouvida.

Pamella saiu do primeiro depoimento, na segunda (12), com a documentação necessária para que, em 30 dias, um novo exame seja realizado com relação às agressões, de acordo com Facó.

Então funcionária do casal, Maria Vaneide da Silva compareceu espontaneamente à Delegacia Metropolitana de Eusébio, na Região Metropolitana de Fortaleza, para falar sobre o caso. Ele aparece em alguns vídeos que mostram as agressões.

Até esta quarta, pelo menos 10 pessoas já foram ouvidas pelas autoridades policiais que investigam o caso de lesão corporal no contexto de violência doméstica contra Pamella Holanda. O caso é acompanhado pelo Departamento de Proteção aos Grupos Vulneráveis (DPGV) da Polícia Civil. Com informações do Estadão e G1.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas