Domingo de Ramos terá missas nas redes sociais; confira lista

coronavírus
04.04.2020, 16:52:00
Atualizado: 04.04.2020, 16:56:38
Padres Valter (à esquerda) e Jonathan transmitirão Domingo de Ramos ao vivo (Reprodução / Facebook)

Domingo de Ramos terá missas nas redes sociais; confira lista

Paróquias recomendam que fiéis coloquem ramos nas janelas e celebrem de casa

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Domingo de Ramos é uma das datas mais importantes para a Igreja Católica, e marca o início da Semana Santa. Todos os anos, e há muitos anos, fiéis com ramos de plantas nas mãos enchem as ruas em procissões e vão à sua paróquia para celebrar a fé.

Este domingo (5) será o Domingo de Ramos de 2020. Apesar da pandemia da Covid-19, a celebração não deixará de acontecer, ela só será um pouquinho diferente. A orientação dos bispos é que as missas aconteçam com as igrejas fechadas, e que os devotos acompanhem de casa pela TV, pela rádio ou – aí está a novidade – pelas redes sociais.

Várias paróquias de Salvador já realizavam as missas ao vivo pelas redes sociais, mas a maioria teve que se adaptar à novidade após a pandemia. A programação de celebrações ao vivo vem desde o início do isolamento social, e seguirá por toda a Semana Santa.

“O que nós queremos é incentivar a cultura da igreja doméstica. Entendemos que a casa, onde mora a família, também é uma igreja”, diz o Padre Valter Ruy, da Paróquia de Nossa Senhora de Fátima, no Acupe de Brotas. A igreja iniciou as transmissões nas redes sociais após a pandemia.

A orientação da Conferência Nacional de Bispos do Brasil (CNBB) para este Domingo de Ramos é que os padres incentivem os fieis a colocarem os tradicionais ramos nas portas, portões ou janelas de casa – onde for mais visível – e acompanhem as celebrações pelo meio de comunicação mais acessível.

“A ideia é que os ramos na frente das casas transmitam a mensagem de que nós, católicos, estamos unidos em comunhão com a Igreja neste momento difícil. Quem assistir às missas pela TV, rádio ou pelas redes sociais também receberá a bênção através dos ramos postos. Ela será válida”, explica o Padre Valter Ruy, que celebrará a sua missa neste domingo às 9h, com transmissão pelo Instagram e pelo Facebook.

A Paróquia de São Francisco de Assis, na Saramandaia, já tinha o costume de transmitir celebrações ao vivo pelo Instagram ou pelo Facebook antes da pandemia. Neste período de isolamente social, a programação tem sido diária. Neste domingo, a missa será às 9h.

O Padre Jonathan de Jesus, responsável pela paróquia, comemora: “Acho que a grande novidade é perceber o empenho dos padres em estarem próximos dos seus fiéis. Por mais que já existissem missas nas TVs, é importante que o fiel de uma paróquia veja o seu pároco, ouça a sua voz, reconheça os costumes da sua paróquia”.

“É o que podemos fazer neste momento em que as pessoas estão impossibilitadas de irem à sua igreja para celebrar o Domingo de Ramos. Nossa orientação é que os fiéis reúnam a família, coloquem os ramos nas portas de suas casas e recebam as bênçãos através dos meios de comunicação”, completa o Padre Jonathan de Jesus.

A Arquidiocese de Salvador também transmitirá uma missa ao vivo no Instagram e no Facebook às 16h deste domingo, celebrada pelo bispo Dom Estevam Silva Filho.

Um Ramos diferente

Ainda que as celebrações estejam mantidas – com as portas das igrejas fechadas e com a transmissão pela internet –, os párocos reconhecem que o Domingo de Ramos de 2020 ficará marcado. As tradicionais procissões pelas ruas de Salvador, por exemplo, não serão realizadas.

“Para mim é um sentimento triplicado, porque nos últimos dez anos fui coordenador de eventos da arquidiocese. Então estive à frente de todos esses grandes momento, como a procissão de Ramos. Um evento grandioso, que nunca deixamos de fazê-lo em nenhum momento, mas de repente vem o novo coronavírus e diz ‘opa, agora é hora de todo mundo ficar em casa”, lamenta o Padre Valter Ruy.

“Temos que aproveitar esse momento de sofrimento da humanidade para tirar uma lição. Unir a dor da humanidade à de Cristo, que assumiu todas as dores, inclusive a dor de uma pandemia. Resignificando nossa dor junto com a de Cristo nós também vamos alcançar a dor de uma ressurreição ao final da pandemia, com uma nova mentalidade, uma nova realidade”, diz o Padre Jonathan de Jesus.

Segundo a tradição da Igreja Católica, o Domingo de Ramos celebra a entrada de Jesus Cristo em Jerusalém, dias antes da sua crucificação. Montado num burro, Cristo chegou á cidade e foi saudado pelo povo com ramos de palmeiras nas mãos, reconhecendo-o como o verdadeiro salvador da humanidade.

Onde assistir às missas do Domingo de Ramos:

Paróquia N. Sra. De Fátima, Acupe de Brotas – Instagram (@paroquiafatimaacupe) e Facebook (@pfatimaacupe) – 9h

Paróquia São Francisco de Assis, Saramandaia – Instagram (@psfa.saramandaia) e Facebook (@psfa.saramandaia) – 9h

Paróquia Divino Espírito Santo, Vale dos Lagos – Instagram (@paroquiadivinoespiritosantovl) e Facebook (@pdesvl) – 8h

Paróquia N. Sra. Do Carmo, Sete de Abril – Instagram (@nsracarmo) e Facebook (@nsradomontecarmelo) – 9h

Paróquia N. Sra. Do Perpétuo Socorro, Mata Escura – Instagram (@pnsps.mataescura) e Facebook (@paroquiansps1988) – 9h

Paróquia N. Sra. Do Resgate, Cabula – Instagram (@nsresgate) – 6h30

Arquidiocese de Salvador – Instagram (@arquisalvador) e Facebook (@ArquidioceseSalvador) – 16h

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas