Drible nas dificuldades para emplacar nos negócios

economia
04.08.2021, 10:05:00
Atualizado: 04.08.2021, 10:05:48
À frente da marca Malazartes, Maxwell divide sua experiência de empreender com Flávia Paixão nessa quarta (Divulgação)

Drible nas dificuldades para emplacar nos negócios

Ex-jogador de futebol Maxwell Moraes troca os campos por marca de roupa sem gênero e conta os desafios de empreender

Até os 22 anos, Maxwell Moraes viva como atleta profissional, mas percebeu que teria limitações como jogador de futebol, afinal a carreira tinha prazo para acabar e decidiu começar a investir em outras atividades. Inicialmente, trabalhou no marketing de relacionamento no segmento de cosméticos. Revendeu roupas de uma loja de roupas multimarcas de um amigo.

Nesse período, o irmão lançou uma marca de roupas e o convidou para seguir na empreitada com ele. Nascia a Malazartes (@malazartoficial). “Gostamos muito de trabalhar o conceito de uma moda sem gênero, mas compreendemos que o nosso maior público é composto de homens que gostam da streetwear”, diz o empresário. A preferência talvez tenha explicação no DNA do nome que batiza a marca, afinal, ela nasceu do encontro de primo e amigos de Léo Malazarte. “Uma nova geração assumiu o grupo, mas o nome serviu para darmos início ao negócio há seis anos”, conta.

As histórias desse ex-atleta, que virou empreendedor, serão o tema do programa Empregos e Soluções dessa quarta-feira, 04, às 18 horas, na página do Jornal Correio, no Instagram. Durante a conversa com a consultora e especialista em pequenos negócios Flávia Paixão, Maxwell abordará como sua relação com o esporte o ajuda a pensar as coleções e as cápsulas, garantindo que os clientes tenham sempre peças exclusivas e abordará os desafios de trabalhar ao lado da esposa, uma vez que o irmão deixou a sociedade para cuidar de outras iniciativas. 

Maxwell também contará como voltou suas vendas para as redes sociais, uma vez que não foi possível manter a loja física. Também abordará os planos para esses novos tempos, quando a economia começa a demonstrar sinais de recuperação. 

Quer saber mais, acompanhe o Empregos e Soluções na página do jornal Correio, às 18 horas, no Instagram.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas