Duas mulheres morrem baleadas no Curuzu; vítimas conversavam na porta de casa

salvador
04.06.2021, 23:29:34
Atualizado: 05.06.2021, 00:58:33
Mulheres eram moradoras da Rua da Contenda, onde foram baleadas (Google)

Duas mulheres morrem baleadas no Curuzu; vítimas conversavam na porta de casa

As vizinhas chegaram a ser socorridas, mas morreram no Hospital Ernesto Simões. Moradores dizem que PM chegou no local atirando, após perseguição a criminosos

Duas mulheres morreram após serem baleadas na porta de casa, no bairro do Curuzu, em Salvador. As vítimas foram identificadas como Maria Célia de Santana, de 69 anos, e Viviane Soares, de 32 anos. Segundo informações de moradores, a polícia perseguia bandidos em um carro roubado, quando uma troca de tiros foi iniciada.

Moradores e amigosas das vítimas alegam que os tiros que atingiram  Maria Célia e Viviane partiram da polícia. As duas eram vizinhas e conversavam na frente de casa. Muito querida no bairro, Maria Célia de Santana era aposentada e trabalhou por anos na Empresa Gráfica da Bahia (Egba).

As duas foram socorridas para o Hospital Ernesto Simões, mas não resistiram aos ferimentos e morreram. De acordo com o Centro Integrado de Comunicações, policiais militares fizeram um pedido apoio de guarnições e viaturas da 37ª Companhia Independente na Rua Contenda, no Curuzu, na noite desta sexta. No entanto, o órgão informou não ter mais informações sobre o caso. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas