Durval Lélys, Luiz Caldas e André Macêdo gravam hino do Padroeiro de Salvador

salvador
03.05.2020, 17:10:00
(Divulgação)

Durval Lélys, Luiz Caldas e André Macêdo gravam hino do Padroeiro de Salvador

Gravações marcam o início das homenagens para São Francisco Xavier; ouça

Três dos maiores nomes da música baiana, os cantores Durval Lélys, Luiz Caldas e André Macêdo atenderam a um pedido da Devoção ao Padroeiro de Salvador e gravaram, de maneira inédita, o Hino de São Francisco Xavier. A ação, focada nas redes sociais, faz parte das atividades da Semana do Padroeiro, comemorada de 03 a 10 de maio.

Coordenador da Devoção, o padre Ângelo Magno Carmo Lopes agradeceu aos artistas por traduzirem a fé do povo soteropolitano na intercessão do seu Padroeiro neste momento de pandemia do novo coronavírus.

"Estou muito feliz com a sensibilidade desses grandes artistas para com o Padroeiro de Salvador. A música é uma mensagem simples e bela, que ajuda as pessoas a terem fé, alegria e esperança. Essas gravações marcam o início das nossas homenagens pela consagração de Salvador a São Francisco Xavier, comemorada desde 10 de maio de 1686", agradeceu padre Ângelo.

Devoto responsável por contactar os artistas, o empresário de Armandinho Macêdo e da banda A Cor do Som, João Falcão Neto explicou que, a exemplo de São Francisco Xavier - que é também o Padroeiro Universal das Missões -, os artistas são, de certo modo, missionários quando levam uma mensagem positiva para as pessoas.

"Quando falei com Durval, Luiz e André, eles prontamente atenderam o pedido com muita generosidade e carinho pelo nosso Padroeiro. Nas suas gravações, eles nos ensinam a pedir a intercessão de São Francisco Xavier, que já livrou nossa cidade de duas epidemias: da febre amarela em 1686 e do cólera morbus em 1855", afirmou João Falcão Neto.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas