Eduardo Barroca deixa o Vitória para comandar o Botafogo

e.c. vitória
27.11.2020, 11:02:00
Atualizado: 27.11.2020, 12:53:07
Eduardo Barroca não é mais o técnico do Vitória (Letícia Martins/ Divulgação ECVitória)

Eduardo Barroca deixa o Vitória para comandar o Botafogo

Técnico do sub-20, Rodrigo Chagas estará à frente do time no jogo de sábado (28), contra o CRB

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

No futebol brasileiro, os treinadores costumam ficar pouco tempo no cargo quando não conseguem fazer o time render. O Vitória viveu situação diferente. Quem agiu rápido foi o próprio técnico. Eduardo Barroca estava mantido no posto mesmo após nove jogos e apenas um triunfo, mas já não é o comandante do Leão. Por opção, ele trocou Salvador pelo Rio de Janeiro ao aceitar proposta do Botafogo.

O clube carioca anunciou a contratação do técnico no site oficial do clube às 10h08 desta sexta-feira (27) enquanto Barroca ainda comandava normalmente o treino na Toca do Leão. "O Departamento de Futebol Profissional informa que Eduardo Barroca é o novo técnico da equipe. O profissional retorna ao Botafogo após passagem na equipe principal, em 2019, e um trabalho reconhecido por conquistas importantes nas categorias de base. Barroca chega acompanhado por Felipe Lucena (auxiliar técnico) e Anderson Gomes (preparador físico). O novo comandante inicia as atividades neste sábado", dizia um trecho da nota publicada pelo Botafogo.    

A atividade rubro-negra acabou por volta das 10h30, horário em que o Vitória se posicionou, também através de nota divulgada no site oficial do clube. "O técnico Eduardo Barroca comunicou ao presidente Paulo Carneiro, nesta sexta-feira (27), que recebeu proposta para voltar a trabalhar no Botafogo e irá retornar ao clube carioca. (...) A direção rubro-negra já se movimenta no sentido de definir a contratação de um substituto para Eduardo Barroca", dizia parte do comunicado.

Barroca deixa o Vitória na 16ª colocação da Série B do Brasileiro, com 26 pontos, a cinco da zona de rebaixamento. Primeiro time do grupo de degolados, o Náutico soma 21 e aparece em 17º lugar. Já a diferença para o G4 é de 11 pontos. O Juventude tem 37 e é o 4º colocado. O aproveitamento rubro-negro com o treinador foi de apenas 29,62%. Em nove jogos, foram três derrotas, cinco empates e só um triunfo. 

O técnico, que terá a partir de agora a missão de tirar o Botafogo da zona de rebaixamento da Série A do Brasileiro, divulgou nota de despedida. “Hoje foi o meu último dia como técnico do Vitória. Recebi um convite do Botafogo e resolvi, junto com a minha comissão técnica, aceitar esse novo desafio. (...) Ficarei na torcida para que o Vitória conquiste todos os objetivos nessa reta final de Série B", escreveu Barroca.

O Vitória fica sem treinador na véspera do jogo contra o CRB. O rubro-negro recebe a equipe alagoana no sábado (28), às 18h30, no Barradão. O clube definiu que o time será comandado no jogo pelo técnico da equipe sub-20, Rodrigo Chagas. Ídolo do Leão, o ex-lateral trabalha na base desde 2017. Ele poderá contar com o volante Lucas Cândido, que volta a ficar à disposição após cumprir suspensão. 

Eduardo Barroca foi o terceiro treinador do Vitória em 2020. Após evitar o rebaixamnto à Série C do Brasileiro no ano passado, Geninho renovou contrato e iniciou a temporada, porém foi demitido em junho, ainda antes da retomada dos jogos. Ele tinha 56,7% de aproveitamento, com quatro triunfos, cinco empates e apenas uma derrota. Segundo o clube, a decisão foi tomada por problemas financeiros provocados pela pandemia do coronavírus.

Substituto de Geninho, Bruno Pivetti foi efetivado pelo Vitória no dia 19 de junho e demitido em 7 de outubro com aproveitamento de 36,8% depois de 19 partidas, com quatro vitórias, nove empates e seis derrotas.

Confirana íntegra a nota oficial divulgada pelo Vitória:

O técnico Eduardo Barroca comunicou ao presidente Paulo Carneiro, nesta sexta-feira (27), que recebeu proposta para voltar a trabalhar no Botafogo e irá retornar ao clube carioca. Com isso, ele se desliga do Vitória, e o time contra o CRB, sábado (28), será comandado pelo técnico do sub-20, Rodrigo Chagas.

A direção rubro-negra já se movimenta no sentido de definir a contratação de um substituto para Eduardo Barroca. 

O Vitória agradece a dedicação e o comprometimento de Barroca durante o período que esteve à frente da equipe, desejando sucesso ao técnico no novo clube.

Confira na íntegra a nota oficial divulgada pelo Botafogo:

O Botafogo de Futebol e Regatas comunica que o técnico Ramón Díaz e toda a sua equipe de auxiliares estão de saída do Clube. Lamentavelmente, em função do quadro de saúde do treinador argentino, que agora tem alta prevista para a partir do dia 7/12, o Clube entende que não pode mais esperar.

O Botafogo confia no pleno restabelecimento da saúde de Ramón Díaz, agradecendo a ele e seus auxiliares Emiliano Díaz, Osmar Ferreyra, Jorge Pidal, Damián Paz e Juan Nicolás Rommannazi pelo período em que estiveram no Clube. (...) Ficarei na torcida para que o Vitória conquiste todos os objetivos nessa reta final de Série B.

O Departamento de Futebol Profissional informa que Eduardo Barroca é o novo técnico da equipe. O profissional retorna ao Botafogo após passagem na equipe principal, em 2019, e um trabalho reconhecido por conquistas importantes nas categorias de base. Barroca chega acompanhado por Felipe Lucena (auxiliar técnico) e Anderson Nunes (preparador físico). O novo comandante inicia as atividades neste sábado.

Confira na íntegra a nota divulgada por Eduardo Barroca:

“Hoje foi o meu último dia como técnico do Vitória. Recebi um convite do Botafogo e resolvi, junto com a minha comissão técnica, aceitar esse novo desafio.

Queria agradecer a confiança do presidente Paulo Carneiro, a quem respeito bastante e tenho amizade, e do gerente de futebol Alarcon Pacheco no meu trabalho até aqui. Foi uma honra e um grande prazer poder trabalhar com esses dois profissionais que sempre me deram todo suporte e segurança no cargo.

Agradecer também aos atletas, que sempre jogaram junto em busca dos resultados positivos, e a todos os integrantes da comissão técnica, que mostraram muita competência desde o primeiro dia.

Ficarei na torcida para que o Vitória conquiste todos os objetivos nessa reta final de Série B.

EDUARDO BARROCA”

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas