Em 48h, 14 envolvidos com tráfico de drogas são presos no Nordeste de Amaralina

salvador
04.12.2020, 11:25:50
Atualizado: 04.12.2020, 11:28:57
(Alberto Maraux/SSP)

Em 48h, 14 envolvidos com tráfico de drogas são presos no Nordeste de Amaralina

Polícias Militar e Civil ocupam o bairro desde quarta-feira (4)

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Catorze pessoas suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas foram presas em 48 horas no Nordeste de Amaralina, na ocupação do bairro pelas polícias Militar e Civil. O bairro está ocupado desde a última quarta-feira (2).

No primeiro dia da operação, três criminosos foram presos e quatro morreram em confrontos. Já na quinta-feira, três traficantes foram capturados, um deles após fuga para o bairro de Engenho Velho da Federação. Outros três componentes da quadrilha, morreram em confrontos, dois deles no bairro de Iapi.

Na madrugada desta sexta-feira (4), completando os números, um foragido da Justiça tentou passar por um bloqueio montado na Santa Cruz e acabou preso. Segundo a SSP, ele tentou passar a pé, alegando que ia trabalhar, mas foi impedido por guarnição da 40ª CIPM.

Após abordagem e consulta ao Portal da Secretaria da Segurança Pública, os militares confirmaram que o homem tinha passagens e possuía mandado de prisão pela prática de roubo. O foragido foi apresentado no Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco). Após depoimento e exames, seguirá para o sistema prisional.

As ações ostensivas e de inteligência continuam por tempo indeterminado no Complexo. Moradores podem ajudar a polícia enviando informações, de forma sigilosa, através do telefone 3235-0000 (Disque Denúncia). 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas