Em discussão com esposa, vereador dá tiro para cima e atinge filho

bahia
30.08.2019, 17:40:00
(Reprodução)

Em discussão com esposa, vereador dá tiro para cima e atinge filho

Político fugiu após o crime e segue sendo procurado pela polícia

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um vereador da cidade de Itapebi, no extremo sul da Bahia, está sendo procurado pela Polícia Civil após ter atingido o filho de 12 anos com um tiro de raspão. O caso ocorreu depois que Cristiano Pereira da Silva (PRTB), 38, atirou para cima por cinco vezes durante discussão com sua esposa, a mãe do menino.

Um dos tiros atingiu a perna direita do menino após ricochetear no telhado da garagem da residência do casal, onde ocorreu a discussão, cujo motivo ainda é apurado pela polícia. O filho do casal chegou a ser socorrido para uma unidade de saúde, mas já foi liberado e passa bem.

Buscas foram feitas pela Polícia Civil para localizar a arma e o vereador Cristiano, mas nenhum dos dois foi localizado. Ainda segundo a investigação, um advogado do vereador entrou em contato com policiais para informar que seu cliente se apresentará na terça-feira (3).

“Vamos ouvir a esposa dele na segunda, junto com o filho. Na terça vamos verificar se ele tem posse para ter arma de fogo. Ainda não podemos dizer que tipo de crime ele cometeu ao atingir a criança”, disse o delegado Hermano Costa, de Itapebi.

Segundo o delegado, ao dar o tiro para cima o vereador assumiu um risco e, por isso, pode ser que responda por tentativa de homicídio doloso, quando há intenção de matar. “Mas só depois das investigações poderemos confirmar essa hipótese”, concluiu o delegado.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas