Em duelo de campeões nacionais, Bahia estreia na Série B contra o Cruzeiro

e.c. bahia
08.04.2022, 05:00:00
Artilheiro do tricolor na temporada, atacante Rodallega é a esperança do Bahia na Série B (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Em duelo de campeões nacionais, Bahia estreia na Série B contra o Cruzeiro

Esquadrão recebe o time mineiro nesta sexta-feira (8), às 21h30, na Fonte Nova

Depois de quase três semanas de pausa forçada, os tricolores poder matar a saudade do Bahia nesta sexta-feira (8). O Esquadrão entra em campo diante do Cruzeiro, às 21h30, na Fonte Nova, em duelo que marca a estreia da equipe na Série B do Campeonato Brasileiro.

Depois de cinco temporadas seguidas na primeira divisão, o clube volta a disputar a segunda e tem o torneio como a principal competição do ano. A luta para conquistar uma das quatro vagas que ascendem à elite do futebol nacional no próximo ano ganhou um peso extra depois que o time fracassou e foi eliminado nas primeiras fases do Campeonato Baiano e da Copa do Nordeste.

Jogador mais experiente do elenco atual, o atacante Rodallega, 36 anos, diz que entende a cobrança do torcedor, e que, por isso, é fundamental para o time arrancar com uma vitória logo na estreia.

Questionado se as eliminações aumentam a responsabilidade do elenco, ele respondeu o seguinte: “Acho que sim. Tem que aumentar. A gente sabe que foi um erro ser eliminado das competições. Sabemos da responsabilidade que temos. É muito importante começar com o pé direito e dar uma volta na página. É esquecer um pouco o tema dos [outros] campeonatos”, disse o colombiano.

Por sinal, a partida contra o Cruzeiro é a primeira entre campeões brasileiros da primeira divisão que a atual edição vai proporcionar. Este ano, a Série B conta com número recorde de times campeões da Série A. Além do Bahia e do Cruzeiro, estão na disputa Vasco, Grêmio, Guarani e Sport (veja detalhes na página ao lado). 

Podem ser citados ainda na lista de clubes com conquistas importantes o Criciúma, campeão da Copa do Brasil de 1991, e a Chapecoense, campeã da Copa Sul-Americana na temporada 2016.

REFORÇOS NO BANCO
Quem espera ver um Bahia renovado na disputa da Série B precisa esperar mais um pouco. Apesar das três semanas livres que “ganhou” após as eliminações no Baiano e Copa do Nordeste, o time que entra em campo hoje será praticamente o mesmo que venceu o Sergipe, por 3x1, no dia 19 de março, pelo regional. Foi o último jogo da equipe antes do Brasileiro.

As exceções ficam por conta do goleiro Danilo Fernandez, que volta a ser titular após ter sido vítima do ataque ao ônibus do clube, e do volante Rezende, que entra na vaga de Lucas Mugni. O argentino está machucado.

O técnico Guto Ferreira pode ter no banco de reservas todos os cinco reforços que o tricolor anunciou para a Série B. Além do goleiro César, do zagueiro Didi e do atacante Vitor Jacaré, ontem o clube oficializou mais dois: o atacante Matheus Davó, contratado do Corinthians, e o volante Emerson Santos, que estava no Botafogo-SP.

Ambos chegam por empréstimo até novembro. Como já estão regularizados e treinam com o elenco desde o início da semana, a tendência é que eles sejam relacionados para o jogo.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas