Em momentos opostos, Bahia e Inter se enfrentam pelo Brasileirão

e.c. bahia
13.06.2021, 05:00:00
Com dois gols, Gilberto é um dos artilheiros do Bahia no Brasileirão (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Em momentos opostos, Bahia e Inter se enfrentam pelo Brasileirão

Tricolor entra em campo neste domingo (13), às 20h30, em Pituaçu

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

De pouquinho em pouquinho, o Bahia vai trilhando sua caminhada no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, a partir das 20h30, o time entra em campo diante do Internacional, no estádio de Pituaçu, em duelo válido pela terceira rodada.

A história do confronto entre Bahia e Inter dispensa apresentações e já definiu até final de Brasileirão, com o Esquadrão conquistando o título no Beira-Rio, em 1988. Mas o atual momento das equipes é completamente diferente.

De um lado, o Bahia vive fase crescente depois de estrear bem com vitória de 3x0 sobre o Santos e se garantir nas oitavas de final da Copa do Brasil ao eliminar o Vila Nova. Do outro, os gaúchos chegam em crise.

Após a goleada por 5x1 sofrida para o Fortaleza na rodada passada da Série A, o Inter deu adeus à Copa do Brasil ao ser derrotado em casa pelo Vitória, quinta, por 3x1. No dia seguinte, o treinador Miguel Ángel Ramírez foi demitido. O auxiliar fixo Osmar Loss vai dirigir a equipe em Pituaçu.

Ou seja, o cenário parece propício para o Bahia somar três pontos e se manter nas primeiras colocações da tabela. Mas o goleiro Matheus Teixeira mantém os pés no chão. “A gente sabe que não tem jogo fácil no Campeonato Brasileiro, nem em nenhuma outra competição. Independente do momento que o Inter vive, é uma grande equipe que disputa Brasileiro, Libertadores, Copa do Brasil, estadual”, disse ele, antes de continuar:  

“Não podemos dar mole, independente do momento que eles vivem. Dentro de campo são 11 contra 11, e independente do que está no exterior, contra ou a favor da equipe adversária, temos que fazer o nosso trabalho”, analisou o goleiro.

Por sinal, a partida contra o Internacional vai marcar a estreia de Matheus Teixeira no Campeonato Brasileiro. Apesar de ter feito parte do elenco que disputou a temporada passada, ele ficou apenas no banco e não entrou em um jogo sequer. Já nas primeiras duas rodadas da atual edição, ele estava machucado e viu Mateus Claus ser o titular.

A escalação deve ter novidades, já que o clube conseguiu efeito suspensivo para o zagueiro Juninho e o meia Daniel. Com isso, é provável que a dupla reapareça entre os titulares. Nino Paraíba segue suspenso. 

Se Dado Cavalcanti mantiver o padrão que adotava antes das suspensões da dupla, Juninho entra na vaga de Luiz Otávio e Daniel manda Matheus Galdezani para o banco.

Internacional
No colorado, o técnico interino Osmar Loss (que treinou o Vitória em 2019) tem desfalques consideráveis. Além do zagueiro Pedro Henrique estar suspenso, Rodrigo Moledo, da mesma posição, e os centroavantes Rodrigo Dourado e Guerrero encontram-se machucados. Somam-se a eles o lateral Moisés, cedido pelo Bahia, e o atacante Palacios, que está com a seleção chilena para a disputa da Copa América, que começa neste fim de semana.

O Internacional inicia a 3ª rodada na zona de rebaixamento, em 17º lugar, com um ponto. O Bahia, com 4 pontos, começa na 5ª posição.

Prováveis escalações: 

Bahia: Matheus Teixeira, Renan Guedes, Germán Conti, Juninho e Matheus Bahia; Patrick, Daniel e Thaciano; Rossi, Gilberto e Rodriguinho. Técnico: Dado Cavalcanti. 

Internacional: Marcelo Lomba, Saravia, Victor Cuesta, Zé Gabriel e Léo Borges; Jhonny, Edenilson e Taison; Patrick, Yuri Alberto e Thiago Galhardo. Técnico: Osmar Loss (interino). 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas