Em primeira entrevista, Bruninho fala sobre Eliza Samudio: 'Nunca sai do meu coração'

em alta
04.11.2021, 17:56:49

Em primeira entrevista, Bruninho fala sobre Eliza Samudio: 'Nunca sai do meu coração'

Aos 11 anos, filho de Bruno Fernandes sonha em se tornar goleiro de futebol

Bruninho Samudio, filho de Eliza com o goleiro Bruno, tem 11 anos mora com a avó, sonha em ser jogador de futebol e não conta com nenhuma ajuda financeira do pai, mandante do assassinato de sua mãe. O adolescente deu sua primeira entrevista, ao canal de YouTube da psicóloga e coach Renata Gouvêa, e falou sobre como vive e seus sonhos.

"Minha avó sempre disse pra eu estudar, apesar de gostar de futebol. Ela fala para eu estudar, porque, se caso não der certo, eu terei um plano B. Senão, vou ser meio que um nada na vida, né”, diz Bruninho,.

Bruninho tem bolsa em uma das melhores escolas particulares de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul. "Minha escola é muito boa, graças a Deus e à dedicação minha, porque muita gente desiste no meio do caminho e eu nunca desisti. Um dia eu falei com a minha mãe (avó Sônia): 'um dia eu vou conseguir estudar numa escola boa'. E consegui uma bolsa de 100%, isso foi alguma coisa que eu consegui por mim mesmo. É ótima a minha escola", descreve ele.

Vítima de uma tragédia, Bruninho conhece seu passado, embora não saiba de detalhes do que aconteceu com Eliza. A avó virou sua mãe no dia a dia, e o marido dela, padrasto da modelo, o pai. "É meu pai, né... É ele que tá me cuidando", observa.

Durante a entrevista, Bruninho não citou o goleiro Bruno, seu pai biológico. Mas fez questão de falar sobre a violência contra as crianças e mulheres, muitas vezes praticada nos núcleos familiares até mesmo motivada pelas drogas. "A maioria das pessoas de baixa renda, às vezes, não tem muita escolha. Mas por mais que seja dificil nunca entre nas drogas, nunca desista dos seus sonhos. Mesmo que ninguém esteja te apoiando", ensina.

Mas o garoto fez questão de falar sobre Eliza. "Minha mãe tá no céu, mas graças a ela que eu estou aqui, e ela nunca sai do meu coração".
 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas