Em testes no Brasil, vacina Clover apresenta 100% de eficácia contra covid em estudos 

em alta
27.09.2021, 17:30:00
(Foto: Shutterstock)

Em testes no Brasil, vacina Clover apresenta 100% de eficácia contra covid em estudos 

Fabricante chinesa Sichuan Clover Biopharmaceutical já alcançou a fase 3 de testes

Os estudos de fase 3 da vacina Clover, da fabricante chinesa Sichuan Clover Biopharmaceutical, que também estão sendo realizados no Brasil, mostraram 100% de eficácia contra casos graves e hospitalização para qualquer cepa circulante do novo coronavírus.

A eficácia contra casos leves e moderados foi de 84%, sendo de 79% para Delta e 92% para Gama, as variantes que mais circulam no Brasil. As informações são do jornal Extra.

As pesquisas, que começaram em março deste ano, foram realizadas com 30 mil voluntários em cinco países, em quatro continentes. Os resultados já foram enviados à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e uma reunião para tratar do assunto deve ocorrer nos próximos dias.

A coordenadora dos testes no Brasil, Sue Ann Costa Clemens, ressalta que além da alta eficácia, o destaque da nova vacina é atuar contra as variantes que mais preocupam.

"Isso é importante porque, no geral, as vacinas foram desenvolvidas para mostrar eficácia contra a cepa original. Todos os casos positivos que surgiram ao longo do estudo foram sequenciados e não foi detectado nenhum da cepa original, em nenhum país. Isso mostra que essa ela foi substituída a nível mundial em apenas um ano", afirma Sue Ann, que é chefe do comitê científico da Fundação Bill e Melinda Gates, docente de Oxford, diretora do primeiro mestrado em vacinologia do mundo, na Universidade de Siena, e ganhadora do Prêmio Faz Diferença.

Dos casos positivos, 38% foram provocados pela variante Delta, 25% pela MU, 9% pela Gama e 8% pela beta, entre outros.

A vacina da Clover é recombinante da proteína S do Sars-CoV-2, aplicada em duas doses com intervalo de 22 dias. Sua submissão já foi iniciada na Europa, junto à Agência Europeia de Medicamentos (EMA). Caso seja aprovada, esse ano, será a primeira usando essa tecnologia na Europa.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas