Empreendimento solidário produz máscaras para pessoas com deficiência auditiva

coronavírus
22.04.2020, 09:53:00
Atualizado: 22.04.2020, 10:35:40
(Foto: Divulgação)

Empreendimento solidário produz máscaras para pessoas com deficiência auditiva

As máscaras convencionais dificultam a comunicação de pessoas com deficiência auditiva, por impedir a leitura labial e de expressões faciais

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O uso de máscaras de proteção, uma das medidas adotadas para conter a pandemia do novo coronavírus, tem dificultado a comunicação de pessoas com deficiência auditiva, por impedir a leitura labial e de expressões faciais. Para solucionar o problema, o empreendimento solidário Família Paiva, do município de Lauro de Freitas, tem investido na produção de máscaras adaptadas, com material transparente na área da boca.

A fabricação do equipamento de proteção individual conta com assistência técnica do Centro Público de Economia Solidária (Cesol) Região Metropolitana 2, ligado à Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). Além de comercializar as máscaras adaptadas, as costureiras do empreendimento buscam parcerias para distribuir o produto gratuitamente.

Para compra das peças e doação de matéria-prima, entre em contato com o Cesol RMS2, através do e-mail metropolitanocesol@gmail.com, ou com o grupo Família Paiva, por meio dos telefones (71) 9 8449-9235/ 99192-5673.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas