Empresário é executado com tiros de fuzil na frente da esposa em Campo Grande

brasil
18.04.2021, 14:51:00
(Reprodução)

Empresário é executado com tiros de fuzil na frente da esposa em Campo Grande

Polícia do Mato Grosso do Sul afirmou que foram 61 tiros

O empresário Geraldo Ramos Villa, de 36 anos, foi morto com mais de 60 tiros de fuzil na noite da sexta-feira (16) em Campo Grande, no Mato Grosso. O crime aconteceu na frente da esposa e do cunhado da vítima.

Segundo o Uol, Geraldo chegava em casa de carro quando bandidos que esperavam nas proximidades o atacaram.  A esposa contou que quando o marido desceu para abrir o portão, dois bandidos saíram de uma Hyindai HB20 que estava estacionada próxima e começaram os disparos.

A esposa e o cunhado correram para dentro do imóvel. Geraldo ainda tentou fugir, mas foi baleado várias vezes e caiu morto perto do carro. Os atiradores fugiram em seguida.

Foram 61 tiros de fuzil calibres 5.56 e 7.62, no crime com característica de execução. A Polícia Civil investiga o caso. 

A família é de Corumbá, também no MS, e estava em Campo Grande há apenas quatro meses, por conta de trabalho. Geraldo atuava no ramo de produtos recicláveis. Ele tinha sido preso em 2007 por uma morte na sua cidade de origem, sendo condenado em 2009, mas já estava me liberdade. Além disso, um irmão de Geraldo já foi assassinado em Corumbá por susposto envolvimento com facções.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas