Empresário é preso após usar auxílio do governo para comprar Lamborghini

em alta
29.07.2020, 09:05:51
Atualizado: 29.07.2020, 09:09:15
(Foto: Reprodução)

Empresário é preso após usar auxílio do governo para comprar Lamborghini

Americano recebeu R$ 20 milhões para pagar funcionários, mas usou dinheiro em carro e hotéis de luxo

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O empresário David T. Hines, 29 foi preso, nesta segunda-feira (27), pela polícia de Miami, nos Estados Unidos, por fraude e outros crimes financeiros. Ele é acusado de usar o dinheiro de um auxílio do governo norte-americano para empresas em dificuldade durante a pandemia para comprar uma Lamborghini Huracán zero quilômetro.

O carro de luxo custou US$ 318 mil (cerca de R$ 1,64 milhão em conversão direta) e foi vendido poucos dias após Hines conseguir três empréstimos no total de US$ 3,9 milhões (cerca de R$ 20 milhões) dado pelo governo.

Além do possante, o empresário pagou outros gastos pessoais exorbitantes após receber o empréstimo, como compras em lojas e hospedagens em hotéis de luxo. Segundo o Washington Post, as autoridades da Flórida descobriram que nenhum funcionário da empresa dele foi pago com esse dinheiro.

"Hines afirmou de maneira mentirosa que sua empresa gastou milhões de dólares em folha de pagamento no primeiro trimestre de 2020. Os registros bancários mostram quase nenhum salário pago durante esse período", diz o comunicado da promotoria sobre a ação.

Segundo a acusação, Hines pediu sete empréstimos em um banco de Charlotte, na Carolina do Norte, num total de US$ 13,5 milhões (cerca de R$ 69,5 milhões), e teve três deles aprovados. Ele afirmava ter 70 funcionários para pagar em diversas empresas de mudança, o que se comprovou ser falso. Antes de conseguir o auxílio, sua conta estava no vermelho.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas