Entre saídas e chegadas, Bahia já reformulou 40% do elenco

e.c. bahia
13.04.2021, 05:00:00
Volantes Pablo e Jonas fazem parte da renovação praticada pelo Bahia na temporada 2021 (Felipe Oliveira/EC Bahia)

Entre saídas e chegadas, Bahia já reformulou 40% do elenco

Doze dos 30 que terminaram a temporada 2020 saíram de cena; tricolor ainda mapeia o mercado em busca de reforços

Enquanto uns chegam, outros deixam a Cidade Tricolor. A reformulação de elenco prometida pelo Bahia após a má campanha no Brasileirão 2020 tem novidade a cada semana. Na segunda-feira (12), foi a vez de Ramon se despedir. O volante foi anunciado pelo América-MG.

Apesar de ter iniciado a temporada como titular, Ramon não conseguiu repetir no time principal as boas apresentações que teve entre os aspirantes, não se firmou na equipe e perdeu mais espaço após a chegada de reforços para o meio-campo. O jogador, que pertence ao Inter, foi repassado ao clube mineiro.

A saída de Ramon é um movimento que tem se repetido no Bahia nos primeiros meses de 2021. Até agora, 12 dos 30 jogadores que terminaram a temporada passada não estão mais no clube, o que significa uma reformulação de 40% do grupo.

Dos que saíram, seis não tiveram o contrato renovado (Anderson, Zeca, Ernando, Ronaldo, Elton e Fessin), dois foram vendidos (Gregore e Thiago), três emprestados (Marco Antônio, Clayson e Ramon) e o zagueiro Everson foi integrado ao time de aspirantes que disputa o Baiano.

Quase na mesma medida das saídas, nove foram contratados. O setor mais reforçado foi o meio-campo, com cinco. Já as laterais foram as únicas que não tiveram novas peças incorporadas. 

O clube ainda segue ativo no mercado e a tendência é de que mais atletas se juntem ao time de Dado Cavalcanti, que ainda tem lacunas a preencher. O foco das buscas tem sido por um goleiro para disputar posição com Douglas e por atacantes.

Mesmo com o fluxo na renovação, a revolução tem acontecido de forma tímida em campo. Apenas três dos nove contratados venceram a concorrência de imediato e cravaram vaga como titular. Na defesa, Germán Conti e Luiz Otávio desbancaram Lucas Fonseca e Juninho e hoje formam a dupla de zaga. No meio, Thaciano precisou só de um jogo para se firmar.

Com o início da Copa Sul-Americana e da fase de mata-mata do Nordestão, Dado Cavalcanti projeta revezar um pouco mais o elenco e observar atletas que ainda estão buscando espaço. Sábado o Esquadrão recebe o CRB, às 16h, em Pituaçu, em jogo único pelas quartas de final da Copa do Nordeste.

“Teremos uma semana cheia, depois sequências de decisões. Quartas da Copa do Nordeste, Sul-Americana, se Deus quiser semifinal (da Copa do Nordeste), Sul-Americana. Vou precisar muito do elenco. A rotatividade vai acontecer de forma natural. Essa formatação de meio será muito usada ainda”, disse Dado.

Um vai, outro vem
O espaço deixado por Ramon não vai ficar vago por muito tempo. Ontem, o volante Lucas Araújo foi apresentado oficialmente e falou pela primeira vez como jogador tricolor. Formado na base do Grêmio, Lucas tem 21 anos e assinou contrato até o fim de 2023. Ele disse que não tem preferência por posição no campo, mas afirmou que tem estilo de muita marcação.

“Eu não tenho prioridade, a minha prioridade é estar dentro de campo. Onde o professor optar por me utilizar eu vou me dedicar bastante. Mas sou mais frente de zaga, gosto de estar na frente da defesa, dando o apoio aos atacantes, aos meias”, explicou, antes de completar: “Vim de uma escola que propõe muito o jogo, gosto de ficar com a bola para propor o jogo”.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas