Entregador demitido após levar loira pra van se defende: 'Fiz o que qualquer um faria'

em alta
09.11.2021, 18:21:14

Entregador demitido após levar loira pra van se defende: 'Fiz o que qualquer um faria'

Americano, no entanto, se recusou a falar o que os dois fizeram lá dentro

Tywan George virou notícia no mundo inteiro após ser demitido pela Amazon, onde trabalhava como entregador, após uma mulher ser filmada saindo da van comandada por ele na cidade de Tampa, nos Estados Unidos. Após o caso viralizar, o jovem se defendeu. 

"Fiz o que qualquer americano faria na minha situação", disse Tywan George, que disse que a loira era uma "companheira". O entregador, no entanto, se recusou a dar mais detalhes sobre o que os dois fizeram, sozinhos, dentro da van.

"Estava fazendo o meu trabalho. Isso era exatamente o que eu estava fazendo", disse em entrevista ao Daily Mail. "Meu trabalho 'inclui' entregar pacotes."

Por meio de nota, a Amazon se posicionou. "Permitir que passageiros não autorizados entrem em veículos de entrega é uma violação da política da Amazon, e o motorista não está mais entregando pacotes aos clientes da Amazon."

Essa não é a primeira vez que o jovem se manifesta. No domingo (7), em vídeo enviado para o site "TMZ" ele disse que "todo mundo interpretou mal o vídeo. O aluguel é alto na cidade. Está muito quente. Basicamente, era para pagar as contas, se você entende o que estou dizendo."

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas