Escolas e fanfarras se preparam para o desfile do 7 de setembro

salvador
05.09.2019, 05:45:00
Estudantes vão desfilar no sábado (Foto: Divulgação/ Secom)

Escolas e fanfarras se preparam para o desfile do 7 de setembro

Unidades do estado e do município intensificaram os ensaios

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Faltam três dias para o Desfile de 7 de Setembro e os últimos preparativos para o evento cívico estão sendo feitos pelos organizadores e participantes. É o caso das fanfarras da Polícia Militar da Bahia (PMBA) e do Colégio Estadual Ana Bernardes, que realizaram um grande ensaio na manhã desta quarta-feira (04), na Vila Militar, nos Dendezeiros, e na própria escola, em Cajazeiras VI.

Estudante ensaia para o dia do desfile (Foto: Elói Corrêa/ GOVBA)

Este ano, 600 policiais, além dos estudantes do Colégio e 30 crianças da creche participam do desfile. Além do efetivo humano, a Polícia Militar participa também com a tropa animal e motorizada. Eles vão fazer apresentação de músicas e demonstrações táticas para a população.

Cerca de 600 alunos do estado vão participar do evento (Foto: Elói Corrêa/ GOVBA)

As fanfarras das escolas municipais Helena Magalhães (Fahema), Teodoro Sampaio (Fantesa) e Barbosa Romeu (Bams’c) também irão participar do desfile. Ao todo, serão 270 estudantes. O desfile está previsto para as 9h, após a saída do cortejo militar, e a concentração será no Colégio Estadual Odorico Tavares, no Corredor da Vitória.

Fanfarras fazem parte da tradição da festa (Foto: Divulgação/ Secom)

As bandas passarão por ruas e pontos históricos de Salvador, tocando músicas variadas, como "Lilás", "Paz e Amor" e "Galeon", com o uso de instrumentos como trombone, cornetas, cornetões, bombardinos, trompetes, bumbo, surdo, caixa e pratos.

A atividade ensaiada, pelo menos três vezes por semana, envolve teoria e prática musical, civismo, dança e expressão corporal. As fanfarras recebem o apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Smed).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas