Especialistas destacam importância da economia de energia

especiais patrocinados
24.04.2019, 06:00:00
Workshop Eficiência Energética irá tratar como apresentar projetos nas Chamadas Públicas (Shutterstock)
Estúdio Correio -

Especialistas destacam importância da economia de energia

Empresas e instituições baianas contam com Chamada Pública para se tornarem mais eficientes

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Economizar no valor da conta de energia elétrica, reduzir os custos com manutenção e aumentar a vida útil dos equipamentos instalados são apenas alguns dos benefícios da eficiência energética, que pode ser definida como a aquisição de um mesmo serviço com menor consumo de energia elétrica.

Em busca da obtenção da eficiência energética em seus processos operacionais, as empresas contam com um aliado: o Sistema de Gestão de Energia (SGE), mecanismo capaz de contribuir para a redução do consumo e, consequentemente, diminuição dos custos de produção.

“Um SGE pode ser implementado em qualquer tipo de organização. Existem vários exemplos no mundo em indústrias, mas também em edificações, pequenas e médias empresas, e em diversos setores como hospitais, hotéis, entre outros”, Alberto Fossa, especialista em energia pela ONU .

Na avaliação de Fossa, que também é diretor executivo da Associação Brasileira pela Conformidade e Eficiência das Instalações (Abrinstal), as maiores barreiras identificadas na implantação de um SGE estão na falta de conhecimento sobre os sistemas energéticos dentro das organizações. “Além disso, o empresário normalmente não considera o custo da energia como relevante. Se esquece que pode ser estratégica, particularmente se ela não se encontrar disponível. Outras lacunas são a comunicação e envolvimento da alta direção das empresas”, complementa.

Alberto Fossa é um dos especialistas convidados para palestrar no Workshop Eficiência Energética, no dia 29 de abril, em Salvador (Foto: acervo pessoal)

O especialista defende a disseminação e implantação da norma internacional ISO 50001, que estabelece os requisitos de implantação de um SGE. “A norma apresenta um conjunto de ações que uma organização deve prover para conhecer e promover a melhoria do uso da energia em suas atividades. O custo de implantação depende muito do tamanho da empresa, do tipo de energia utilizada. Normalmente, empresas que já possuem um sistema de gestão (como o de qualidade), têm grande facilidade em implantar os requisitos específicos sobre energia”, observa Fossa.

Iluminação Artificial
Utilizar a iluminação artificial de forma inteligente também diz respeito a economia de energia. Com mais de 25 anos de atuação nessa área, o engenheiro eletricista João Gabriel Pereira de Almeida destaca a tecnologia LED (Light Emitting Diode, Diodo Emissor de Luz) como exemplo capaz de reduzir o valor da conta de energia no final do mês.

“Atualmente as lâmpadas de LED são recomendadas para todos os usos na iluminação artificial. Desde galpões industriais, centros de distribuição, lojas de varejo, na iluminação pública, chegando também na iluminação residencial” João Gabriel Pereira de Almeida, engenheiro eletricista.

Na avaliação do engenheiro, o custo mais alto das lâmpadas LED acaba recompensado em um período relativamente curto em relação a sua vida útil, uma vez que a iluminação artificial representa mais de 50% do consumo total de energia no setor público, 40% no comercial e 20% no residencial, segundo dados da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e da Associação Brasileira da Indústria da Iluminação (Abilux).

João Gabriel Pereira de Almeida é um dos especialistas convidados para palestrar no Workshop Eficiência Energética, no dia 29 de abril, em Salvador (Foto: acervo pessoal)

Chamada Pública
Convocar a participação da sociedade em propostas que desenvolvam medidas para promover a eficiência energética é o principal objetivo das Chamadas Públicas de Projetos, lançadas pela Coelba anualmente. Podem se inscrever clientes das classes de consumo Industrial, Comércio e Serviços, Poder Público, Serviços Públicos e Residencial (condomínios).

Para participar é preciso apresentar um projeto de Eficiência Energética com a indicação de quais mudanças são desejadas para o local, como a substituição de lâmpadas e aparelhos antigos, por exemplo. Os interessados devem apresentar suas propostas até o dia 28 de maio no Portal de Chamada Pública de Projetos, disponível no site da distribuidora.

Participação
 

“A Chamada Pública é um mecanismo criado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para convocar a apresentação de projetos de eficiência energética com o objetivo de aproximar a distribuidora dos consumidores, tornando o processo de seleção mais transparente, democrático e com maior participação da sociedade”, Ana Mascarenhas, gerente de Eficiência da Neoenergia.

Os recursos disponibilizados pela Chamada Pública fazem parte do Programa de Eficiência Energética, regulado pela Aneel.

Ana Christina Mascarenhas abordará sobre os procedimentos do Programa de Eficiência Energética da Neoenergia durante o Workshop, no dia 29 de abril, em Salvador (Foto: divulgação)

Workshop
Quem quiser tornar suas instituições e empresas mais eficientes em energia, uma boa oportunidade é o Workshop Eficiência Energética – como apresentar projetos nas Chamadas Públicas, que será realizado na próxima segunda-feira (29), das 8h às 17h, no Hotel Quality, no bairro do Stiep, em Salvador. As pré-inscrições podem ser feitas até 12h da sexta-feira (26), no endereço eletrônico bit.ly/eventoCoelba.

No evento, especialistas irão compartilhar seus conhecimentos com a intenção de orientar os consumidores no desenvolvimento de projetos alinhados aos objetivos dos editais das Chamadas Públicas e regulamentação vigente. Esta é a primeira edição da iniciativa, que será realizada em outras cidades até o final deste ano.

Dois dos maiores especialistas em energia do País, Alberto Fossa e João Gabriel de Almeida estão entre os palestrantes confirmados. “Eventos como este são absolutamente necessários para divulgar a importância da eficiência energética no contexto das organizações”, afirma Fossa. “Considero este evento muito importante, pois, hoje em dia, os consumidores estão carentes de informações técnicas confiáveis sobre como cada um pode economizar energia elétrica”, completa Almeida.

O Workshop Eficiência Energética é uma realização da Aneel e da Coelba, com organização do Jornal CORREIO.

Principais benefícios dos projetos de eficiência energética:

  • Redução no consumo e na conta de energia elétrica;
  • Redução de custos com manutenção e operação, a partir da otimização dos equipamentos e/ou processos;
  • Maior vida útil dos equipamentos eficientes instalados.

    ***

    Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


    Relacionadas