Estado enviará para votação projeto que garante fundo para ponte Salvador-Itaparica

salvador
26.08.2020, 20:11:00
Atualizado: 26.08.2020, 21:02:08
(Foto: Divulgação/GOVBA)

Estado enviará para votação projeto que garante fundo para ponte Salvador-Itaparica

Em outubro deve ser assinado o contrato com a empresa que venceu a licitação

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Governo do Estado anunciou, nesta quarta-feira (26), que pretende enviar à Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) um Projeto de Lei que cria um fundo de investimentos para garantir a construção da ponte que liga Salvador à Ilha de Itaparica. O documento, que já era previsto no edital da obra, deve ser enviado na próxima semana. A informação foi divulgada pelo governador Rui Costa durante a live Papo Correria.

Ainda segundo o governador, o contrato com a empresa vencedora da licitação deve ser assinado em outubro deste ano e as obras estão previstas para serem iniciadas em 2021.

Sendo assim, a ponte será concluída já fora do mandato de Rui Costa. “Não vou inaugurar como governador da Bahia, mas espero ser convidado pelo próximo governador para ir na inauguração. Sairei em dezembro de 2022 com a maior parte desses pilares e as obras bastante aceleradas”, disse.

Relembre

O resultado da licitação foi divulgado em janeiro e a previsão de assinatura do contrato com a empresa vencedora era em março, mas o ato foi adiado em função da pandemia. Depois de assinado, o consórcio terá um ano para elaborar o projeto da obra e outros quatro para executar. A gestão e administração da ponte terá duração de 30 anos.

O investimento será de R$ 5,4 bilhões e o aporte do estado será de R$ 1,5 bilhão. Com a obra, a previsão é que sejam gerados sete mil empregos durante a construção do equipamento. 

Ela terá 12,3 km de extensão e está inclusa no Sistema Viário do Oeste, que também contempla a implantação dos acessos ao equipamento em Salvador.

Na capital, esses acessos serão por túneis e viadutos, e em Vera Cruz, com a ligação à BA-001, junto com uma nova rodovia expressa. Haverá ainda uma interligação com a Ponte do Funil, que também será revitalizada.

Segundo o governo, a construção da ponte encurtará o tempo de deslocamento em cerca de 100 quilômetros, beneficiando de imediato 250 municípios e 10 milhões de pessoas das regiões oeste, sudoeste, sul e extremo Sul.

O consórcio Ponte Salvador Itaparica é formado pelas empresas China Railway 20 Bureau Group Corporation – CR20; CCCC South America Regional Company S.Á.R.L – CCCC SOUTH AMERICA e China Communications Construction Company Limited – CCCCLTD.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas