'Este é um momento de repensar os negócios', diz analista do Comitê de Sustentabilidade do Sebrae/BA

salvador
25.06.2020, 11:47:00
Atualizado: 25.06.2020, 16:51:29
Marcia Suede, analista do SEBRAE/BA, fala sobre a necessidade dos empresários tornarem seus negócios mais sustentáveis. (Darío G. Neto ASN Ba. )

'Este é um momento de repensar os negócios', diz analista do Comitê de Sustentabilidade do Sebrae/BA

Empresas sustentáveis têm chamado mais atenção

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Pensar no desenvolvimento sustentável precisa cada vez mais fazer parte do DNA dos pequenos e grandes negócios. Em meio a um mercado cada vez mais competitivo, há uma demanda crescente por responsabilidade nos processos produtivos. Os empresários têm tido que ampliar a visão, com atuação que gere o mínimo de impacto possível ao meio ambiente.

A pandemia aprofundou o desafio de transformar o negócio sustentável e socialmente mais justo. Em entrevista para o Mundo Sustentável, projeto do CORREIO, Marcia Suede, analista da Unidade de Captação de Recursos e Coordenadora do Comitê de Sustentabilidade Sebrae Bahia, diz que dificilmente uma empresa conseguirá cativar os clientes sem adotar praticas sustentáveis:

“Este é um momento de repensar o negócio e como a empresa pode dar respostas positivas para a sociedade do ponto de vista econômico, social e ambiental. Estas respostas positivas podem vir da adoção de novas medidas, práticas e atitudes sustentáveis para atender ao mercado consumidor que, ao modificar seus hábitos de vida, modificou os hábitos de consumo”, diz


Entre as ações sustentáveis simples e de pouco investimento que podem ser adotadas por empresários, a analista do Sebrae Bahia citou como exemplo a utilização racional de água e energia, que reduz os custos operacionais, a promoção do bem estar dos funcionários, que traz melhorias de produtividade, e o uso de matéria-prima que não agridam o meio ambiente, que ajudam a melhorar a imagem junto aos clientes.

Marcia Suede esclareceu ainda sobre a atuação do Comitê de Sustentabilidade, que estimula e cria mecanismos para integrar a sustentabilidade no processo de gestão do Sebrae Bahia, além de projetos como o Sebraelab, que já realizou 126 eventos em um ano de funcionamento no estado. Confira a entrevista na íntegra:


Mundo Sustentável - Qual a importância da sustentabilidade para o sucesso de um negócio?  

Marcia Suede - Ampliar a visão do empresário para além das paredes da empresa, fazendo-o entender que a atuação do seu negócio deve ser economicamente viável ao longo do tempo; ambientalmente correta, gerando o mínimo de impactos ao meio ambiente; e socialmente justa, permitindo que todas as pessoas tenham as mesmas oportunidades.

Isto significa dizer que, ao mesmo tempo em que equilibra as contas, a empresa também usa de maneira mais eficiente os recursos como água e energia, elimina desperdícios, promove o bem estar das pessoas e cria relacionamentos mais éticos e justos com fornecedores e com seus clientes.


Mundo Sustentável - É possível, nos tempos atuais, abrir uma empresa sem adotar práticas sustentáveis?

Marcia Suede - É possível abrir uma empresa sem adotar práticas sustentáveis, mas conquistar clientes no mercado e ter um produto/serviço diferenciado, por exemplo, levará o empresário a desenvolver ações de sustentabilidade, primeiro para ser mais competitivo junto aos concorrentes depois para atender aos clientes cada vez mais exigentes.


Mundo Sustentável - Quais as principais dúvidas dos empresários em relação à sustentabilidade?

Marcia Suede - Acham que a sustentabilidade é assunto para grande empresa. Acham que o custo para implantar ações sustentáveis é alto. Perguntam o que fazer para implantar e quais serão os ganhos. Estas são as dúvidas mais frequentes, porém ao procurar ajuda e compreender os benefícios, eles percebem que a sustentabilidade está associada a ações simples e de pouco investimento, como, por exemplo: a utilização racional de água e energia, que reduz os custos operacionais; a promoção do bem estar dos funcionários, que traz melhorias de produtividade; e o uso de matéria-prima que não agridam o meio ambiente, que ajudam a melhorar a imagem junto aos clientes. Eles entendem que inserir ações de sustentabilidade na gestão do seu negócio só trará ganhos, sejam ambientais, econômicos ou sociais.


Mundo Sustentável - O Sebrae possui um amplo material disponível para quem quer saber mais sobre o assunto, dividido de acordo com áreas de interesse. Fale sobre a necessidade de se informar e de como, mesmo sendo um tema com vários desdobramentos, é possível apreender mais informações sobre sustentabilidade.

Marcia Suede - “A informação é a alma do negócio” já diz o ditado. Embora a sustentabilidade se desdobre em muitas dimensões na gestão de uma empresa, do planejamento estratégico, passando pela área de finanças, pessoas, compras, marketing e comunicação, a busca por informação é necessária para que o empreendedor possa aprender como praticar ações sustentáveis para melhorar seus processos e rotinas, investindo assim em processos de gestão mais inteligente e tornando o seu negócio mais rentável.


Mundo Sustentável - Qual a função do Comitê de Sustentabilidade do Sebrae Bahia? 

Marcia Suede - Estimular e criar mecanismos para integrar a sustentabilidade no processo de gestão do Sebrae Bahia, através dos eixos: disseminação da cultura, coleta seletiva e destinação correta de resíduos, uso eficiente de papel, água e energia. É responsabilidade do Comitê apoiar a transversalidade das ações de sustentabilidade no dia a dia do Sebrae/BA, bem como articular e acompanhar um plano de ação integrado entre as Unidades Operacionais com foco na redução de custos, gestão ambiental e responsabilidade social.


Mundo Sustentável - A troca de conhecimento entre os comitês dos estados traz soluções que podem ser adotadas regionalmente? Como a Bahia tem contribuído?

Marcia Suede - Sim. O Sebrae/BA procurou contribuir com os demais estados ao longo dos anos, compartilhando práticas e metodologias que foram desenvolvidas e implantadas para disseminação da cultura de sustentabilidade, coleta seletiva e destinação correta de resíduos e uso eficiente de água e energia.


Mundo Sustentável - Como surgiu a ideia de criar o Sebraelab Bahia?

Marcia Suede - Surgiu da oportunidade de criação de um espaço inovador que estimulasse a criatividade, a geração de novos conhecimentos e o aprendizado contínuo aliado a criação de novos negócios inovadores de impactos sociais.


Mundo Sustentável - Neste primeiro ano de funcionamento já é possível fazer um balanço sobre suas atividades?

Marcia Suede - Sim. O Sebraelab, está dento do Espaço Colabore que é uma iniciativa da Prefeitura de Salvador, por meio da Secretaria da Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (SECIS), e gestão compartilhada com o Sebrae. No período de um ano mais de 10 mil pessoas passaram pelo local, entre visitantes e participantes dos 126 eventos realizados pelas instituições gestoras, Sebrae e parceiros.

Dentre os eventos de destaque neste primeiro ano, estão o Startup Day, a Semana do MEI e Semana Sebrae, Semana Design Salvador, Beba Local Bahia (evento de promoção das cervejarias locais que reuniu mais de 1.200 participantes), Hackathon Construtec, Startup Weekend Black e All Saints Day.

O Sebraelab Habitat, programa de mentorias e capacitações para quem quer empreender, apoiou, somente neste primeiro ano, 13 startups que tiveram a oportunidade de as ideias do papel com capacidade de gerar impacto social.


Mundo Sustentável - Como conhecer mais sobre sustentabilidade pode contribuir neste período em que o mundo vive a pandemia do coronavírus?

Marcia Suede - Este é um momento de repensar o negócio e como a empresa pode dar respostas positivas para a sociedade do ponto de vista econômico, social e ambiental. Estas respostas positivas podem vir da adoção de novas medidas, práticas e atitudes sustentáveis para atender ao mercado consumidor que, ao modificar seus hábitos de vida, modificou os hábitos de consumo. Neste sentido, o conhecimento sobre sustentabilidade fará com que os empreendedores procurem desenvolver, por exemplo, novas formas de distribuição de seus produtos, novos canais de venda e redução do preço final do produto. Isto vai fazer toda diferença.


Mundo Sustentável
Para mostrar como a sustentabilidade é algo próximo e possível, o CORREIO criou o projeto Mundo Sustentável, com conteúdos diversos sobre iniciativas que tornam a vida melhor. Diariamente e até o final do mês de junho, você poderá acompanhar nas redes sociais, no site, jornal impresso e na plataforma bit.ly/mundosustentavelcorreio, as informações sobre como se pode melhorar as ações do dia a dia para que todos possam ter mais qualidade de vida.

O Mundo Sustentável tem o patrocínio do Hapvida, Sotero Ambiental e Bracell, a parceria do Sebrae e o apoio da Claro e Yamana Gold.



O Estúdio Correio produz conteúdo sob medida para marcas, em diferentes plataformas.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas