Evento vai apresentar os bons exemplos baianos de sustentabilidade

bahia
22.10.2019, 06:30:00
Produção baiana de algodão se destaca pela qualidade (Foto: Divulgação)

Evento vai apresentar os bons exemplos baianos de sustentabilidade

Fórum que vai acontecer no Senai Cimatec tem inscrições gratuitas

O clima único da Chapada Diamantina, nos municípios baianos de Mucugê e Ibicoara, somados a um olhar para a sustentabilidade – em suas dimensões ambiental, social e econômica – fizeram do Agropolo o responsável por quase 90% da movimentação econômica dos dois municípios. De lá saem 55% das batatas consumidas no Nordeste. Mas a ação responsável do ser humano ali tornou o solo típico do clima subtropical propício ao plantio de tomate, cebola, café e, mais recentemente, até para a produção de vinho. 

Há menos de 600 quilômetros dali, a produção de algodão no Oeste da Bahia garante o emprego para mais de 30 mil pessoas. E em três décadas de atividades, o nível de material orgânico presente na terra aumentou, de acordo com informações de representantes do setor. Espalhadas por diversas regiões do estado, florestas plantadas fazem florescer a economia. As áreas florestais respondem por 5,4% do Produto Interno Bruto (PIB) da Bahia e 4,6% da arrecadação de impostos, além de gerar renda para 230 mil pessoas. 

Iniciativas como estas serão discutidas no I Fórum de Inovação e Sustentabilidade para a Competitividade, a ser realizado depois de amanhã (dia 24), no Senai Cimatec. As inscrições para o evento são gratuitas e podem ser feitas online.  

O presidente da Federação da Agricultura do Estado da Bahia (Faeb), Humberto Miranda, diz que a sustentabilidade é assunto prioritário para os produtores rurais. “É um tema que interessa toda a sociedade, mas é muito mais sensível para nós que dependemos diretamente da natureza”, diz. “É uma questão que envolve a sobrevivência humana”, acredita. 

Wilson Andrade, diretor executivo da ABAF, Associação Baiana das Empresas de Base Florestal, considera impossível pensar em desenvolvimento econômico sem as condições ambientais. Ele destaca o posicionamento de florestas plantadas, que preserva mais que o dobro exigido pelo Código Florestal Brasileiro. “Seria 20% de áreas protegidas de matas nativas e nós preservamos quase um hectare de mata nativa para cada hectare cultivado. Absorvemos carbono da atmosfera e temos formalmente pegada de carbono positivo, assim como balanço hídrico positivo”. 

"Tem que trazer desenvolvimento e precisa ser sustentável". Essas condições são indispensáveis para qualquer tipo de atividade econômica no século XXI, acredita o diretor da WWI, Eduardo Athayde. Neste sentido, ele considera o I Forum de Inovação e Sustentabilidade para a Competitividade como um evento fundamental “para debater inovações disruptivas que estão acontecendo no mundo hoje e que estão influenciando diretamente a sociedade e a economia brasileira”. 

Ele destaca o peso do que chama de “eco-nomia digital” para o Brasil, com um PIB de US$ 2 trilhões,  e sede da maior concentração de ativos ambientais do planeta. 

O I Fórum de Inovação e Sustentabilidade para a Competitividade é uma realização do jornal Correio, Ibama e WWI, com o patrocínio da ABAPA, Fazenda Progresso e Suzano S.A e apoio institucional da FIEB e FAEB/SENAR.


Presenças confirmadas

Gianna Sagazzio

Foto: Divulgação

É superintendente do IEL Nacional e diretora de Inovação da Confederação Nacional da Indústria (CNI), onde é responsável pelos temas de políticas para inovação e gestão da inovação e pela coordenação-executiva da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI).


Eduardo Athayde

Foto: Divulgação

É diretor do WWI Brasil, um instituto sediado em Washington que se destaca na promoção de uma sociedade ambientalmente sustentável, onde as necessidades humanas sejam atendidas sem ameaças à saúde da natureza. Athayde vai falar sobre a nova economia mundial


Evilasio Fraga

Foto: Divulgação

É o coordenador executivo do Agropolo de Mucugê e Ibicoara. O engenheiro agrônomo vai falar sobre a experiência do distrito agrícola que se tornou responsável por quase 90% da movimentação econômica dos municípios onde está implantado. 


Eduardo Bim

Foto: Divulgação

É o presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Ibama). O advogado integra os quadros da Advocacia-Geral da União e atuava há cinco anos como procurador federal no Ibama antes de assumir a presidência do órgão no início deste ano. 


Julio Busato

Foto: Divulgação

É o presidente da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa). É engenheiro agrônomo e dirige um grupo empresarial que atua na região Oeste da Bahia que emprega quase 800 pessoas. Já presidiu a Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba). 


Georges Humbert

Foto: Divulgação

É presidente do Instituto Brasileiro de Direito e Sustentabilidade (Ibrades). Especialista em Direito Ambiental e em Indústrial Florestal, o advogado atua na busca pela conexão entre a sustentabilidade e a legislação ambiental brasileira. 


Rodrigo Santos Alves

Foto: Divulgação

É advogado e superintendente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Ibama) na Bahia. Responsável por mediar um dos painéis do evento, defende a necessidade de mais interação entre os órgãos de con-
trole com a sociedade. 


I FÓRUM DE INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE PARA A COMPETITIVIDADE - Inscrições gratuitas

24 de outubro de 2019

8h00 às 9h00 –  Credenciamento

9h00 às 9h30 –  Abertura

9h30 às 9h50 –  Palestra Licenciamento ambiental, com Eduardo Bim, pres. do Ibama

9h50 às 10h10 –   Palestra Tendências de inovação na Industria 4.0, com Gianna Sagazzio, dir. de Inovação CNI

10h10 às 10h30 –  Palestra Eco-Nomia, a Nova Compliance Internacional, com Eduardo Athayde, dir. da WWI

10h30 às 11h00 –  Painel I - Um Mundo em Mutação: Novas Regras nos Negócios, com Eduardo Bim, Gianna Sagazzio, Eduardo Athayde

11h00 às 11h20 –  Coffee

11h20 às 11h40 –  Palestra O Inovador Brasil Rural, com Julio Busatto, pres. da ABAPA

11h40 às 12h00 –  Palestra Da Chapada Diamantina para o Mundo, com Evilasio Fraga, dir. do Agropolo

12h00 às 12h20 –  Palestra Direito Ambiental na Indústria Florestal, com Georges Humbert, pres. do Instituto Brasileiro de Direito e Sustentabilidade da IBRADES

12h20 às 12h50 –  Painel II - Inovação e Sustentabilidade Modelando Iniciativas, com Julio Busatto, Evilasio Fraga, Georges Humbert, mediado por Rodrigo Alves, sup. do Ibama

12h50 às 13h00  – Acordo de cooperação

13h00 –  Encerramento


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/medo-de-ter-contato-novamente-diz-professora-intoxicada-por-oleo-em-itapua/
Tailane diz que também abrirá mão de caminhadas na areia da praia
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/corpo-da-modelo-que-caiu-de-jet-ski-em-barragem-na-bahia-e-encontrado/
Natural de Jacobina, jovem havia desaparecido em Ponto Novo no último sábado 
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/projeto-comprova-faz-aulao-sobre-como-verificar-conteudos-falsos-nas-redes-assista/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/modelo-de-18-anos-desaparece-apos-cair-de-jet-ski-em-barragem-na-bahia/
Buscas continuam em Ponto Novo; jovem é natural de Jacobina
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/astros-das-series-la-casa-de-papel-e-esquadrao-6-vem-ao-brasil/
Netflix confirmou presença dos artistas em paineis na CCXP 2019, no dia 8 de dezembro em São Paulo
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/descarte-de-500-kg-de-petroleo-cru-em-area-ambiental-de-marau-e-investigado/
Prefeitura nega responsabilidade e diz que investiga culpados
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/gilberto-grava-video-com-pedido-de-desculpas-a-torcida-do-bahia/
Atacante causou polêmica após derrota por 3x1 para o Flamengo; veja aqui
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/mp-denuncia-policiais-por-abuso-contra-cliente-agredido-na-caixa/
Militares deram 'mata-leão' no empresário Crispim Terral na frente da filha de 15 anos
Ler Mais