Exames descartam coronavírus em brasileiros repatriados da China

brasil
11.02.2020, 18:40:14
Atualizado: 11.02.2020, 18:46:21
(Foto: Sergio Lima/AFP)

Exames descartam coronavírus em brasileiros repatriados da China

Ao todo, 58 pessoas estão em quarentena em Anápolis (GO)

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Exames de sangue feitos nos 58 brasileiros que estão em quarentena em Anápolis (GO) descartaram em todos a presença do coronavírus. Os 34 brasileiros que viviam na China e os 24 tripulantes e profissionais de saúde e de comunicação que acompanharam a viagem de retorno dos repatriados tiveram amostras coletadas no domingo, 9, dia em que chegaram ao Brasil e os exames foram concluídos nesta terça-feira, 11.

Em entrevista coletiva nesta tarde, o ministério explicou que foi feito o exame RT-PCR, específico para o coronavírus que provoca a epidemia na China e que identifica a presença do RNA viral. Em todos os 58, o resultado foi negativo.

O secretário executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis, disse que a pasta já emitiu uma recomendação ao Ministério da Defesa, que coordena a Operação Regresso, mas não quis antecipá-la à imprensa. O site da pasta, porém, logo após a coletiva, chegou a publicar que os 24 profissionais serão liberados da quarentena, mas continuarão sendo monitorados.

Ao ser questionada pelo jornal O Estado de S. Paulo se confirmava a informação, no entanto, a assessoria de imprensa do ministério tirou a frase do ar, mantendo somente que todas as pessoas em quarentena estão sem sintomas e infecção.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas