Exercício poderoso promete queimar gorduras indesejadas em tempo menor

bazar
22.01.2019, 10:21:00
Atualizado: 22.01.2019, 19:49:19
(Foto: Shutterstock/Reprodução)

Exercício poderoso promete queimar gorduras indesejadas em tempo menor

Segundo uma pesquisa australiana, dois minutos de Hiit equivalem a meia hora de caminhada

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Já pensou trocar meia hora de caminhada ou ciclismo por apenas dois minutos de exercício de alta intensidade - e, no fim, ter os mesmos resultados para a saúde metabólica?

Segundo uma pesquisa da Victoria University de Melbourne, na Austrália, publicada na revista científica American Journal of Physiology em 2018, isso é possível.

Siga o Bazar nas redes sociais e saiba das novidades de gastronomia, turismo, moda, beleza, decoração, tecnologia, pets, bem-estar e as melhores coisas de Salvador e da Bahia:

Não à toa, a modalidade da moda  foi a líder na lista das atividades físicas preferidas em 2018, de acordo com o Colégio Americano de Medicina Esportiva (ACSM).

O Hiit (high-intensity interval training, ou, em português, treino intervalado de alta intensidade) consiste em exercícios intercalados de alta e baixa intensidade, realizando uma fase intensa de atividades seguida por um período de recuperação.  

No Hiit, exercícios de alta  e baixa intensidades são intercalados
(Foto: Shutterstock/Reprodução)

“Esse formato de treino é muito adaptável e pode ser usado em vários formatos e tempos. Eu, particularmente, uso dois exercícios distintos com o próprio corpo, sendo 40 segundos de atividade e 30 segundos de descanso, durante 15 a 20 minutos”, fala André Coelho, personal trainer da rede Well Academia.

Só que há um detalhe: não pense que, na fase mais leve, você vai deitar e descansar. Seu corpo deve continuar em movimento, mas com uma atividade menos intensa, como uma caminhada, por exemplo.

Cadastre seu e-mail e receba novidades de gastronomia, turismo, moda, beleza, decoração, pets, tecnologia, bem-estar, sexo e o melhor de Salvador e da Bahia, toda semana:

Segundo Bruno Doria, personal trainer e sócio diretor do Circuith (método de treinamento físico em circuito), os estímulos “devem variar de acordo com o tipo de exercício escolhido, o nível de condicionamento físico e a força”. 

“Na Spin Up Studio (Alameda das Cajazeiras, 494, Caminho das Árvores) - onde a metodologia do Circuith é aplicada -, os treinos Hiit são organizados com tempo de recuperação menor, igual ou até maior que quando comparado a estímulos de alta intensidade. Tudo vai depender do planejamento da aula, mas sempre tendo como base os movimentos de puxar, empurrar, girar, agachar, saltar...”, explica.

Dá para fazer atividades como o agachamento
(Foto: Shutterstock/Reprodução)

Mas dá para ir além: pode-se correr, fazer  polichinelo, corrida estacionária, prancha isométrica, burpee, usar cama elástica, cordas... Sempre nesse intervalo de alta e baixa intensidade. 

Benefícios
E quais são as partes boas desta modalidade? A primeira é, justamente, a duração. “Muitas pessoas procuram o Hiit por não ter muito tempo para treinar - afinal, em vários tipos, ele não leva mais que 30 minutos”, fala Leandro Dias, profissional de educação física e coordenador da unidade Shopping Bela Vista da Alpha Fitness.

Também é possível fazer movimentos de solo, como a prancha isométrica
(Foto: Shutterstock/Reprodução)

Outra vantagem é para quem está buscando perder peso. “O objetivo do método é fazer com que, no pós-treino, o metabolismo fique acelerado por mais tempo, proporcionando redução da massa corporal gorda”, comenta Bruno. E mais: “Temos alguns outros benefícios, como a melhoria da contratilidade cardíaca, a capacidade respiratória e sensibilidade à insulina”, continua.

E o coração, como fica?
No Hiit, principalmente na parte de alta intensidade, a frequência cardíaca é elevada. Será que essa prática, então, pode fazer mal ao coração? Segundo o médico cardiologista Alexsandro Alves Fagundes, do Serviço de Arritmia e Eletrofisiologia do Hospital Português, não é bem assim. 

Durante o Hiit, a frequência cardíaca é elevada
(Foto: Shutterstock/Reprodução)

“Um treino cardíaco de intensidade moderada e outro de alta intensidade intervalado têm o mesmo risco. Há uma fórmula para  se descobrir a frequência máxima, que é 220 menos a idade daquele indivíduo. Um educador físico irá trabalhar em uma frequência de 90% daquela pessoa”.

Também cardiologista e coordenador da Unidade de Pós-Operatório Cardiovascular (UPC) do Hospital Português, Maurício Nunes concorda.

“Mesmo as pessoas que apresentam doenças no coração podem tirar benefícios  dessa modalidade. Todo exercício traz benefícios, seja para o pulmão, o coração e até em casos de artrite, diabetes e Mal de Parkinson. O corpo liberará endorfina, que dá um bem-estar geral”, conta.

A única restrição absoluta, segundo Bruno Dorea, é não estar gestante. 

A atividade não é indicada para grávidas
(Foto: Shutterstock/Reprodução)

Na rede de academias Alpha Fitness, os alunos regulares podem ter acesso às aulas de hiit inclusas na mensalidade, que custa R$ 169,90. No Spin Up Studio, que usa o sistema da Circuith, cada aula sai por a partir de R$ 23,99. 

Ainda assim, não vá exagerar, ok?

“Todo exercício tem uma dose terapêutica e uma letal. É que nem um remédio: a quantidade ideal dele está ali prescrita. Se você tomar a menos, não funcionará. Se for a mais, causará mal.  Se você ultrapassar seu limite - como sentir falta de ar, tontura, palpitação ou dor toráxica -, seja em intensidade alta ou média, pode causar mal não só para o sistema cardíaco, mas também para o muscular”, alerta dr. Alexsandro.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas