Exposição gratuita é inaugurada no Comércio e segue até 12 de outubro

salvador
14.09.2021, 07:00:00
Exposição mostra 17 objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU (Foto de Arisson Marinho/ CORREIO)

Exposição gratuita é inaugurada no Comércio e segue até 12 de outubro

Conheça os 17 elementos para termos um mundo melhor

Uma canção clássica de Lenine diz que “o mundo vai girando cada vez mais veloz, a gente espera do mundo, e o mundo espera de nós, um pouco mais de paciência”. De certa forma, é sobre o mundo, sobre paciência e sobre nós que trata a mais nova exposição inaugurada nesta segunda-feira (13) em Salvador. A última peça foi concluída ao vivo pelo artista plástico baiano Menelaw Sete, no Terminal Náutico do Comércio.

A exposição “17 ODS Para um Mundo Melhor” é itinerante, inspirada nos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) criados pela Organização das Nações Unidas (ONU) e já esteve em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Aqui na capital, ficará disponível até o dia 12 de outubro. Quando for embora, uma das peças será doada à cidade como uma lembrança do compromisso que todos os gestores e cidadãos precisam ter com as questões sociais e ambientais que envolvem o planeta.

A estudante Maria Eduarda Lima, 24 anos, estava caminhando pela Praça Visconde de Cairu, ao lado do Mercado Modelo, quando encontrou um globo terrestre de mais de 1,5 metro de altura, pintado com cores vibrantes. Mais adiante havia outro, e mais um à direita. Foi então que ela percebeu na base de cada obra uma placa com o nome da exposição.

“Pelo que entendi, as peças fazem referência a 17 objetivos desenvolvidos pela ONU. Achei interessante porque levanta a bandeira para essas questões e faz a gente pensar sobre problemas que são do nosso dia a dia, além de serem obras muito bonitas”, disse. Logo depois, fez uma foto para compartilhar a novidade com os amigos.

Assim que a exposição foi aberta, no início da manhã, muitos curiosos se aproximaram para olhar a novidade. Como as peças foram instaladas entre o Mercado Modelo e o Terminal Náutico, área recentemente requalificada e passagem obrigatória para quem vai pegar as lanchas, a quantidade de público foi intensa.

Enquanto isso, dentro do Terminal, o artista plástico Menelaw Sete finalizava a peça dele, e cada pincelada era transmitida ao vivo pelas redes sociais. O tema foi Consumo e Produção Responsáveis e o artista aproveitou para falar do papel da arte na conscientização.

“É uma exposição que tem um cunho social muito forte, de fazer refletir sobre as amarguras criadas pelo próprio homem, como aquecimento global, a escassez da água, erradicar a fome, a pobreza, melhorar a educação, entre outras. Para mim é um grande orgulho poder participar desse trabalho”, disse.

Artista plástico Menelaw Sete finaliza sua peça

(Foto: Arisson Marinho/CORREIO)

Ele destacou que o consumo precisa ser mais consciente para evitar a maior degradação do planeta e cobrou a participação de todos. A vice-prefeita de Salvador, Ana Paula Matos, visitou o espaço e afirmou que o trabalho dos artistas aproxima essas temáticas do público e, com o auxílio da tecnologia (toda obra tem uma placa com QR Code), é possível levar a discussão dos escritórios para as rodas de bate-papo.

“Através dos olhos do artista as pessoas passam a perceber o assunto de outra maneira, e isso pode ser muito mais eficaz do que uma palestra científica, democratiza o conhecimento e faz o público pensar ações que podemos desenvolver para combater a pobreza, reduzir a desigualdade e todas as outras ODS”, lembrou.

Enquanto isso, uma mulher e uma criança liam atentamente as placas sobre os efeitos da ação do homem no meio ambiente. Será que é tempo que nos falta para perceber? Será que temos esse tempo pra perder? E quem quer saber? A vida é tão rara.

Confira a lista dos 17 objetivos:

  • ODS 1 – Erradicação da Pobreza | Artista: Coma Cost
  • ODS 2 – Fome Zero e Agricultura Sustentável| Artista: Alexandre Truff
  • ODS 3 – Saúde e Bem-Estar | Artista: Fabiano Al Makul
  • ODS 4 – Educação de Qualidade | Artista: Pomb
  • ODS 5 – Igualdade de Gênero | Artista: Priscila Barbosa
  • ODS 6 – Água Potável e Saneamento | Artista: Giovanna Nucci
  • ODS 7 – Energia Limpa e Acessível | Artista: Cris Campana
  • ODS 8 – Trabalho Decente e Crescimento Econômico | Artista: Beatriz de Carvalho
  • ODS 9 – Indústria, Inovação e Infraestrutura | Artista: Nando Zenari
  • ODS 10 – Redução das Desigualdades | Artista: Gabriele Rosa de Novaes
  • ODS 11 – Cidades e Comunidades Sustentáveis | Artista: MARAMGONÍ
  • ODS 12 – Consumo e Produção Responsáveis | Artista: Menelaw Sete
  • ODS 12 – Consumo e Produção Responsáveis | Artista: Mundano
  • ODS 13 – Ação Contra a Mudança Global do Clima | Artista: Fernanda Eva
  • ODS 14 – Vida na Água | Artista: Binho Ribeiro
  • ODS 15 – Vida Terrestre | Artista: Clara Leff
  • ODS 16 – Paz, Justiça e Instituições Eficazes | Artistas: Paola Lopes e Glauco Diogenes (GDS)
  • ODS 17 – Parcerias e Meios de Implementação | Artista: SHN

A exposição 17 ODS para um Mundo Melhor conta com o apoio do Governo Federal e da Prefeitura de Salvador. O patrocínio é do grupo Colgate-Palmolive e iniciativa da Toptrends, empresa especializada em unir marcas e causas através do marketing cultural. Entre seus cases, a CowParade Salvador.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas