Fachin nega pedido de habeas corpus para Zé Trovão

brasil
10.09.2021, 22:57:00
Atualizado: 11.09.2021, 00:12:22
(Reprodução)

Fachin nega pedido de habeas corpus para Zé Trovão

Caminhoneiro é alvo de mandado de prisão expedido pelo ministro Alexandre de Moraes; ele foi localizado no México, mas ainda está foragido

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou, nesta sexta (10), um pedido de habeas corpus para o caminhoneiro Marcos Antônio Pereira Gomes, conhecido como Zé Trovão. Um dos líderes do movimento que paralisou rodovias do país nesta semana, Zé Trovão é alvo de um mandado de prisão expedido pelo ministro Alexandre de Moraes. Ele foi localizado no México, mas ainda está foragido e não foi preso. 

Leia mais: Quem é Zé Trovão, líder caminhoneiro foragido que foi localizado no México

O pedido de habeas corpus foi apresentado pelos deputados Vitor Hugo (PSL-GO) e Carla Zambelli (PSL-SP). Na decisão, Fachin diz que não concedeu o habeas corpus porque a via eleita não é adequada”, e o pedido é “manifestamente incabível”. A decisão foi curta e teve apenas duas páginas.

O pedido dos deputados era para que Zé Trovão tenha o benefício de aguardar o fim do processo em liberdade, segundo eles, “porque não há mais o eventual risco de cometimento de novos crimes por parte do paciente, uma vez que o feriado de 7 de Setembro inclusive já passou e transcorreu dentro da normalidade democrática.”

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas