Faculdades convocam alunos de Medicina na Bahia para atuar contra coronavírus

bahia
19.03.2020, 15:00:00

Faculdades convocam alunos de Medicina na Bahia para atuar contra coronavírus

Projeto coordenado pela Fiocruz e Ufba terá atendimento remoto, por telefone

Estudantes de Medicina da Bahia, que estejam cursando o 5º ou 6º ano, estão sendo convocados para uma força-tarefa contra o novo coronavírus. A proposta do plano de ação é criar uma central de saúde, via web-telefônica, para atuar na triagem de casos de suspeita de Covid-19 e orientar a população de Salvador no combate à doença.

A iniciativa será coordenada por equipes da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e da Universidade Federal da Bahia (Ufba), e contará com a colaboração de universidades públicas e privadas do estado, como a Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, Universidade Do Estado Da Bahia (Uneb), Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e UniFTC. Haverá ainda integração com as secretarias de Saúde dos municípios baianos

Com ligações gratuitas, o projeto terá duração prevista de até quatro meses e tem como objetivo reduzir o deslocamento desnecessário de pessoas que suspeitam estar com Covid-19 para unidades de atendimento de saúde, o que deve reduzir a possibilidade de contaminação com outras pessoas. A expectativa é que ocorram 1.440 atendimentos por dia.  

Os alunos que prestarão atendimento atuarão em três turnos de quatro horas, durante 12 horas por dia, e farão serviços de triagem para classificar os casos, indicar a gravidade e fazer as orientações necessárias. Os casos mais graves serão encaminhados para unidades de saúde e receberão atendimento presencial de profissionais da área

Todo o projeto será supervisionado por residentes ou médicos. Para participar, é necessário preencher um formulário e cumprir os requisitos de ser estudante de Medicina, estar no 5º ou 6º ano do curso, ter disponibilidade para atuar por quatro horas diárias e estar vinculado a uma instituição de ensino.

Todos os selecionados para o trabalho voluntário passarão por treinamento orientado por médicos professores da Ufba e Fiocruz. Cada grupo de atendimento será formado por um supervisor médico e 20 estudantes.  

Clique aqui para acessar o link para inscrição.

Coronavírus na Bahia
Atualmente, a Bahia tem 30 casos confirmados da Covid-19. Destes, 18 são em Salvador, cidade que mais tem infectados no estado. Em seguida, aparecem Feira de Santana (5), Porto Seguro (4), Lauro de Freitas (2) e Prado (1). 

De janeiro até às 14h desta quinta-feira (19), foram notificados com suspeita clínica de infecção pelo novo coronavírus 998 casos na Bahia. Além dos 30 confirmados, 443 foram descartados e 525 aguardam análise laboratorial.

***

O CORREIO entende a preocupação diante da pandemia do novo coronavírus e que a necessidade de informação profissional nesse momento é vital para ajudar a população. Por isso, desde o dia 16 de março, decidimos abrir o conteúdo das reportagens relacionadas à pandemia também para não assinantes. O CORREIO está fazendo um serviço de excelência para te manter a par de todos os últimos acontecimentos com notícias bem apuradas da Bahia, Brasil e Mundo. Colabore para que isso continue sendo feito da melhor forma possível. Assine o jornal.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas