Falha em supercomputador provocou atraso nos resultados, diz Barroso

brasil
15.11.2020, 21:30:00
(Divulgação)

Falha em supercomputador provocou atraso nos resultados, diz Barroso

Expectativa é de concluir apuração ainda hoje, apesar da demora

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, disse neste domingo (15) que a uma falha num supercomputador do tribunal causa atrasos na totalização de votos. Ele afirmou, que essa demora não vai prejudicar a integraidade do resultado final da eleição. Em alguns estados, como São Paulo, a apuração não chegou nem a 1% ainda. A expectativa é de que a totalização seja finalizada ainda hoje em todos os estados.

"Houve um atraso na totalização dos resultados por força de um problema técnico que foi exatamente o seguinte: um dos núcleos de processadores do supercomputador que processa a totalização falhou e foi preciso repará-lo", disse Barroso, em sua segunda coletiva do dia, agora à noite.

Esse ano, o serviço foi concentrado no sistema do próprio TSE, diferentemente de anos anteriores, quando uma totalização parcial era feita em cada estado pelo respectivo Tribunal Regional (TRE), que repassava os dados ao TSE.

"Os dados chegaram para a totalização totalmente íntegros e apenas o processo de somar [os dados das urnas] é que ficou extremamente lento em razão de um dos processadores ter sofrido um problema técnico", disse o ministro. "Neste momento, temos em torno de 50% dos votos já totalizados, com a expectativa de que mais para frente um pouco nós já possamos ter a definição", afirmou Barroso.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas