Familiares acusam psicóloga de esconder Mãe Stella; entenda

satélite
08.12.2017, 07:00:00

Familiares acusam psicóloga de esconder Mãe Stella; entenda

Por Jairo Costa Júnior, com Luan Santos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Familiares de Mãe Stella de Oxóssi e filhos do terreiro Ilê Axé Opó Afonjá acusam a psicóloga Graziela Domini de retirar a ialorixá de casa sem informar o paradeiro. Eles vão se reunir hoje no Ilê, situado em São Gonçalo do Retiro, para discutir estratégias para resgatar Mãe Stella, que, segundo informações ainda não confirmadas, estaria em Nazaré, no Recôncavo, onde Graziela tem parentes. Em carta assinada por 71 pessoas, à qual a Satélite teve acesso, familiares e filhos do Ilê relatam que Graziela, considerada persona non grata no templo, estaria impedindo visitas a Mãe Stella, além de desrespeitar ritos e costumes do local. Eles dizem, ainda, que o “sumiço” da ialorixá já dura 12 dias.

Outro lado
Em carta de resposta, também obtida pela coluna, Graziela Domini se apresenta como companheira de Mãe Stella e diz ser alvo de injustiças. Ela classifica trechos do documento dos familiares como difamatórios, nega proibição de visitas e afirma que não decide nada em nome da ialorixá. Graziela também destaca que o conflito afetou a saúde da líder religiosa.

Na polícia
A disputa envolvendo Mãe Stella chegou à polícia. No último dia 24, Graziela Domini prestou queixa contra filhos do terreiro por terem levado a ialorixá para a Casa de Oxóssi sem seu conhecimento, segundo consta no boletim de ocorrência. No registro, ela diz ser a “responsável pelo cuidado de saúde da idosa” e afirma que os filhos do Ilê invadiram a casa da ialorixá  sem autorização. No boletim, a polícia informa que Graziela exibiu um vídeo em que Mãe Stella expressa vontade de “ir morar com a sua companheira em um lugar escolhido pelas duas para poderem viver em paz”.

Túnel do tempo
Familiares, por outro lado, negaram ter levado Mãe Stella à força. Eles contaram que, inclusive, teria sido vontade da ialorixá ir à Casa de Oxóssi. “Não queremos nada de material, só queremos a volta de Mãe Stella para o axé”, contou  uma sobrinha, que pediu anonimato. Os conflitos vêm desde junho, quando a Satélite publicou que familiares pediram a intervenção do Ministério Público  (MP) para terem acesso à mais influente e respeitada líder religiosa do candomblé em atividade no país. À época, informaram ao MP que Mãe Stella estaria sofrendo maus-tratos físicos e psicológicos.

Em alta
A ocupação hoteleira em Salvador deve fechar o ano com aumento de pelo menos 9% em relação a 2016, segundo estima a Secretaria Municipal de Turismo (Secult). De janeiro até novembro deste ano, a variação já chegou a 9%. O titular da Secult, Claudio Tinoco, atribui o resultado às ações para impulsionar o turismo na capital, como a de divulgação nos principais mercados emissores, somado ao calendário de eventos da cidade.

Picos
Os destaques foram os meses de agosto (16,5%), outubro (25,5%) e novembro (15%), que tiveram as três melhores taxas de crescimento da ocupação. A expectativa da Secult é que a alta continue  em dezembro e chegue a 100% no período do Festival da Virada, que será realizado de 28 de dezembro a 1º de janeiro.

"Essa é a verdade! O empréstimo não saiu, porque o governo de Rui, do PT, e Otto Alencar é incompetente",  José Carlos Aleluia, deputado federal, do DEM, ao comentar a avaliação das contas do governo pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN), que classificou a Bahia com capacidade de pagamento “C”. Nessa condição, a União não garante empréstimos de estados

Pílula

Concorrência  Os rumores de uma possível candidatura a deputado estadual do ex-prefeito de Santo Antônio de Jesus Humberto Leite (DEM) têm gerado impasse na região. Isso porque o deputado estadual Alan Sanches (DEM) tem curral eleitoral no entorno. A entrada do ex-prefeito na disputa levaria à divisão dos votos entre os dois, que integram o grupo – chamado Beija-Flor.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas