Farol de Itapuã completa 148 anos de fundação

salvador
07.09.2021, 21:10:55
(Paula Fróes/CORREIO)

Farol de Itapuã completa 148 anos de fundação

O Farol foi fabricado na Escócia e montado aqui para evitar naufrágios

Além da Independência do Brasil, o 7 de setembro guarda para si uma data especial para os soteropolitanos. Um dos nossos cartões postais, o Farol de Itapuã, completa 148 anos. O farol está entre os cinco mais antigos da Bahia e foi fabricado na Escócia e montado aqui para orientar as embarcações que chegavam ao local e diminuir os acidentes causados pelas rochas e bancos de areia na região.

De acordo com Louti Bahia, responsável pela página Amo a História de Salvador nas redes sociais, antes de sua instalação, os naufrágios eram constantes. Em 26 de março de 1873, o navio francês Gambie encalhou na direção de Itapuã. Ninguém morreu, mas toda a carga afundou junto com o navio e este fato acelerou tudo.

"O Farol de Itapuã foi instalado seis meses depois". Fabricado pela empresa P&W MacLellan, tem 21 metros de altura, é feito em metal e tem base em alvenaria. Posteriormente, uma ponte foi construída, ligando ele à casa do faroleiro. "Nos dias e noites de maré alta, o acesso ao farol ficava muito perigoso. É que antes não existiam sistemas automatizados para acender e apagar o farol: era 'na mão grande', como se diz em baianês", explica.

"Então, o faroleiro ficava de plantão observando a aproximação de alguma embarcação desavisada e tinha que usar a luz do farol para mostrar o caminho seguro. Imagine ter que passar dias, semanas e meses seguidos olhando para o mar, a noite inteira, sem pestanejar".

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas