Feirante é assassinado a tiros em Sussuarana Nova

salvador
09.03.2019, 14:52:24

Feirante é assassinado a tiros em Sussuarana Nova

Para família, rapaz foi morto por homem que achava que ele tinha participado de briga no Carnaval

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O feirante Cleiton Conrado da Silva, 19 anos, foi assassinado a tiros nesta quinta-feira (7) no bairro de Sussuarana Nova, onde morava. Ele foi baleado por um homem que teria achado que ele participou de uma briga entre grupos rivais no Carnaval. 

"Era para hoje ser um dia de alegria. Hoje é aniversário do meu neto, filho de Cleiton", declarou o pai da vítima, o porteiro Valdemir Conrado da Silva, 51, na manhã deste sábado (9), no Instituto Médico Legal Nina Rodrigues (IMLNR). Ele é pai de outros três filhos. 

Segundo ele, na Quarta-feira de Cinzas (6), o filho saiu com três amigos para fazer um levantamento de preços para a festa do garoto, lá mesmo, em Novo Horizonte. Cleiton e os amigos eram observados à distancia  por um grupo de rapazes num carro branco.

"Ele estava muito feliz, mas, até onde sei, não sabia que os meninos brigaram no Carnaval. Existe uma rivalidade entre moardores de Novo Horizonte e Sussuarna Nova. Eu sei que ele não participou da briga porque  não gostava da festa (Carnaval)", contou o pai.

No dia seguinte, por volta das 19h, o mesmo carro branco seguia lentamente os passos de Cleiton e da irmã - eles foram às compras ali no bairro mesmo. "Foi quando um  deles desceu e atirou várias vezes, mas só dois tiros o atigiram", contou o pai. 

Cleiton chegou a ser socorrido para UPA de São Marcos, mas não resistiu. "A enfermeira me disse que ele deu o último suspiro assim que chegou", declarou Valdemir.

O feirante trabalhava vendendo frutas nas imediações so Shopping Ponto Alto, na Avenida São Rafael.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas