Felipe Neto é uma das 100 pessoas mais influentes do mundo na lista da Time

em alta
22.09.2020, 23:58:00
Atualizado: 23.09.2020, 00:50:33
(Marcus Leoni/Divulgação)

Felipe Neto é uma das 100 pessoas mais influentes do mundo na lista da Time

Revista norte-americana apresentou a lista dos mais influentes de 2020 nesta terça-feira (22)

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Os últimos 15 dias foram um misto de angústia, felicidade, ansiedade e euforia para o youtuber Felipe Neto. Neste período, o também empresário já sabia que estaria na lista das 100 pessoas mais influentes do mundo, eleitas pela revista americana “TIME”. O segredo, guardado e escondido até das pessoas mais próximas, foi revelado na noite desta terça-feira (22).

“Fiquei um pouco anestesiado quando recebi a notícia. A primeira reação foi a de duvidar. Pedi para minha assessoria checar se o pessoal que havia entrado em contato era legítimo, se não era uma pegadinha. Nunca imaginei que chegaria tão longe. Quando comecei a gravar vídeos, dez anos atrás e nos fundos da casa da minha mãe no Engenho Novo, eu só queria desbravar algo novo e me divertir enquanto criava conteúdo. Nunca poderia imaginar que chegaria a este patamar”, contou Felipe, ao jornal Extra, ainda surpreso.

Felipe ainda refletiu, na conversa com o veículo cariosa, sobre o que levou a publicação a elegê-lo como um dos influenciadores do ano. E isso não tem só a ver com o que faz no seu universo digital. Desde que abraçou assuntos como política interna, e lutas contra o racismo e a LGBTQfobia, e se tornou uma voz potente para defender a liberdade de expressão, ele absorveu um novo público no Brasil e no mundo, a exemplo do editorial que fez para o “The New York Times”:

“Continuarei usando essa influência para valores positivos, na luta pelos direitos humanos, pela democracia e no enfrentamento à desinformação e ao fascismo. Eu só tenho a agradecer a cada um que me acompanhou e acompanha ao longo dessa história e dizer que isso é apenas o início”, completou ele.

Felipe está retratado na lista do que a TIME chama de Ícones de 2020. O presidente Jair Bolsonaro, que esteve na lista como o único brasileiro no ano passado, também aparece como um dos líderes mais influentes em 2020, ao lado de Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, e Angela Merkel, da Alemanha.

Assim que foi publicado o resultado, Felipe Neto contou aos seguidores no Twitter, não sem dar uma alfinetada em Bolsonaro: "Apenas 10 brasileiros entraram pra lista até hoje. Torno-me o 11º, junto a Lula, Dilma, Jorge P. Lemann, Joaquim Barbosa, Neymar, Medina, Graça Foster e três troços".

O influenciador digital não perdeu a oportunidade de marcar sua oposição ao político. "O fato de Jair Bolsonaro também estar na lista não surpreende, muito pelo contrário. Como o pior presidente do mundo no enfrentamento à covid-19 e no combate às queimadas na Amazônia e no Pantanal, ele está na lista como uma honra negativa. Basta ler o texto associado à sua imagem para entender", falou Felipe ao Estadão.

"Isso só demonstra a importância do que significa 'influência'. Ser mais influente não significa, necessariamente, uma coisa boa. É o que você faz com essa influência que realmente irá determinar o seu legado", refletiu o youtuber.

Ao Estadão, Felipe Neto também não deixou de comemorar o próprio feito. “Estar nessa lista é uma honra inenarrável. Não apenas pela conquista, mas também pela razão de estar ali. Foi um ano muito difícil, repleto de ameaças, perseguição e tentativas de destruição de reputação. Nós prevalecemos porque somos unidos, porque somos fortes e porque os fascistas não irão vencer."

O artigo sobre Felipe publicado no site da revista foi escrito pelo deputado federal David Miranda. "O influenciador digital de maior importância no Brasil, possivelmente no mundo", escreveu o político eleito pelo Rio de Janeiro. A edição impressa TIME100 deste ano chegará às bancas na sexta-feira, 25.

Na categoria artistas, o produtor, cantor e DJ The Weekend aparece no topo da lista. A ex-namorada Selena Gomez também foi uma das eleitas.

Confira a lista completa das cem pessoas mais influentes da revista Time.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas