Feridos em tentativa de roubo a carro-forte em mercado do Cabula recebem alta

salvador
13.02.2019, 15:40:00
Atualizado: 13.02.2019, 16:07:16
(Tailane Muniz/CORREIO)

Feridos em tentativa de roubo a carro-forte em mercado do Cabula recebem alta

Dois clientes, um vigilante e assaltante foram baleados

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Todos os feridos na tentativa de roubo a um carro-forte no estacionamento do supermercado G Barbosa, na Estrada das Barreiras, no bairro do Cabula,já receberam alta do Hospital Roberto Santos, onde estavam internados desde a segunda-feira (11).

De acordo com o boletim registrado no posto policial civil da unidade de saúde, estavam internados Marcos Antônio dos Santos, 37 anos, baleado duas vezes em uma das pernas; Bárbara Rejane Pinheiro Amaral, 40, que ficou ferida na coxa direita; Maria Delfina de Jesus Cerqueira, 42, machucada por estilhaços no pé; além do vigilante Sidnei Quintino Santos, 40, que reagiu à ação, e foi baleado na perna esquerda. 

A dona de casa Silvanira da Paixão Reis, 44, também chegou à unidade de saúde para receber atendimento. Ela estava com o marido na fila da casa lotérica, por volta de 14h, quando o assalto foi anunciado pelos bandidos. Hipertensa, Silvanira passou mal e precisou receber atendimento médico, mas não ficou internada.

Esposo da dona de casa, o servidor público Antônio dos Santos, 57, também ficou machucado, com um ferimento na barriga, que acredita ter sido causado por estilhaços dos tiros, mas não quis receber atendimento.

Cliente ficou ferido (Foto: Arisson Marinho/CORREIO)

Lembre o caso
De acordo com informações da Polícia Militar, a tentativa de assalto ocorreu por volta das 15h30 desta segunda-feira (11), quando homens armados tentaram roubar o malote de dinheiro, da transportadora de valores Preserv, que abasteceria uma casa lotérica.

A tentativa aconteceu no percurso dos vigilantes até o veículo blindado. Ao perceber a ação, os profissionais reagiram e começou uma troca de tiros, que acabou com três clientes feridos e um dos bandidos baleados. Além deles, outras duas pessoas que estavam no mercado ficaram machucadas por estilhaços de bala. Todos foram socorridos para o Hospital Roberto Santos (HRS).

Em nota, a Polícia Civil informou que um bandido também se feriu na ação, mas conseguiu fugir com os comparsas. Eles roubaram a arma de um dos vigilantes. Não há registro de entrada do assaltante baleado em unidades de saúde da cidade, até o momento. Não há informações sobre a quantidade de envolvidos na tentativa de roubo.

Por meio da assessoria, a Polícia Civil afirmou que não houve reféns. Ninguém foi preso.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas