Festival Transatlântico de Fotografia começa próxima semana; veja a programação

bem-estar
16.03.2021, 13:24:13
Atualizado: 16.03.2021, 13:31:47
Christian Cravo é um dos organizadores do evento (Foto: Tati Freitas)

Festival Transatlântico de Fotografia começa próxima semana; veja a programação

Realizado pelo Instituto Mário Cravo Neto, evento ocorre de forma virtual

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Festival Transatlântico de Fotografia chega à sua segunda edição entre os dias 24 e 28 de março, agora em formato online. Com o tema “Um Mar Aberto”, o evento vai reunir atividades como exposições e encontros com nomes de destaque da fotografia nacional e internacional. 

O festival contará com um site onde acontecerá a programação e exposições virtuais, com acesso gratuito (clique aqui). Os encontros sobre os temas relacionados à fotografia acontecem no canal do Instituto no YouTube (clique aqui).

“Esse projeto visa democratizar a fotografia, proporcionando ao público ricas experiências e trocas com importantes profissionais que são referências na arte fotográfica”, conta Christian Cravo, que dirige o Instituto Mário Cravo Neto, realizador do Festival. Junto a Christian, a curadora e produtora de livros de artes e exposições Adriana Cravo fará as mediações dos encontros online.

O festival vai reunir nomes como o do coordenador da área de fotografia do Instituto Moreira Salles (SP), Sergio Burgi; do americano Alex Webb, um dos fotógrafos mais prestigiados da geração, com fotografia marcada por cores fortes, jogos de luz e sombra e pela complexidade das imagens; e Maureen Bisilliat, fotógrafa e documentarista que nasceu na Inglaterra em 1931 e chegou ao Brasil em 1952, detentora dos prêmios Porto Seguro de Fotografia, Ordem de Ipiranga, Ordem do Mérito Cultural e a Ordem da Defesa.

Baiano de Salvador, Thiago Borba também é um dos nomes confirmados na programação do festival. Borba começou a trabalhar com fotografia em 2006, quando mudou-se para a Espanha. De volta ao Brasil um ano mais tarde, passou a morar em São Paulo e fotografou para as principais revistas do país. Depois de dez anos em São Paulo, retornou a Salvador e iniciou por aqui o projeto #BLVCKSBTFLL – Black is Beautiful, que lhe rendeu, no final de 2019, a sua primeira exposição individual na Sunny Art Centre, em Londres, com o título “Hidden Paradise” e 36 fotografias da série.

Christian Cravo, que dirige o Instituto Mário Cravo Neto, realizador do projeto, tem uma longa trajetória na fotografia e teve seu trabalho exposto em importantes instituições, como Museu de Arte Moderna da Bahia (Salvador); Instituto Tomie Ohtake (São Paulo); Museu Afro Brasil (São Paulo) e Museu da Fotografia (Fortaleza). Entre as galerias que receberam suas mostras incluem-se a Throckmorton Fine Art, em Nova York; a Billedhusets Galeri, em Copenhague; a Dan Galeria, em São Paulo; e a Paulo Darzé Galeria de Arte, em Salvador. Também participou de mostras coletivas de grande importância na Witkin Gallery, em Nova York; na S.F. Camera Works Gallery, em São Francisco; na Bienal Fotofest, em Houston; e no Palais de Tokyo, em Paris.

Realizado pelo Instituto Mário Cravo Neto e Via Press Comunicação, o projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Confira a programação:

Quarta-feira (24)

  • 18h30 - 19h10 - Abertura do Festival Transatlântico
  • 19h10 - 19h20 - Interação com o público
  • 19h20 - 19h30 - Intervalo 
  • 19h30 - 20h10 - “Pele Preta", com Maureen Bisilliat: Artista inglesa naturalizada brasileira, Maureen Bisilliat relembra “Pele Preta”, seu primeiro ensaio realizado há 50 anos
  • 20h10 - 20h20 - Interação com o público
  • 20h30 – Encerramento

Quinta-feira (25)

  • 18h30 - 19h10 - "O papel dos acervos de fotografia no cenário cultural contemporâneo": Sérgio Burgi (Coordenador de Fotografia do Instituto Moreira Salles) apresenta um panorama sob a perspectiva da manutenção dos acervos de fotografia dentro do cenário cultural contemporâneo
  • 19h10 - 19h20 - Interação com o público
  • 19h20 - 19h30 – Intervalo
  • 19h30 - 20h10 - “Tipos” com Fernando Banzi
  • Em um resgate da obra do fotógrafo teuto-brasileiro Alberto Henschel, Tipos ressignifica registros de pessoas de descendência e/ou origem africana - datados dos anos de 1860 -  por meio da fotopintura digital e manipulação de imagem, retoma o passado e confere a esses indivíduos o direito à subjetividade.
  • 20h10 - 20h20 - Interação com o público
  • 20h30 – Encerramento

Sexta-feira (26)

  • 18h30 - 19h10 - “Mario Cravo Neto: Espíritos sem nome” com Luís Camilo Osório
  • Bate-papo sobre a curadoria da exposição que acontece no Instituto Moreira Salles
  • 19h10 - 19h20 - Interação com o público
  • 19h20 - 19h30  - Intervalo 
  • 19h30 - 20h10 - “Fotografia Metafísica Brasileira”: Eder Chiodetto apresenta o trabalho das fotógrafas Carolina Krieger, Natasha Ganme e Sheila Oliveira
  • 20h10 - 20h20 - Interação com o público
  • 20h30 - Encerramento

Sábado (27)

  • 16h00 - 16h40 - Alex Webb comenta as suas andanças por países meridionais e apresenta a série “Ex Mundus Novus” (em inglês - com tradução consecutiva)
  • 16h40 - 16h50 - Interação com o público
  • 16h50 - 18h30 - Intervalo para programação noturna 
  • 18h30 - 19h10 - Thiago Borba apresenta o projeto Black is Beautiful, que traz protagonismo à beleza negra e revela a potência do colorismo brasileiro.
  • 19h10 - 19h20 - Interação com o público
  • 19h20 - 19h30  - Intervalo
  • 19h30 - 20h10 - "Fabulações teóricas sobre a fotografia" com Fabio Gatti
  • 20h10 - 20h20 - Interação com o público
  • 20h30 - Encerramento

Domingo (28)

  • 16h00 - 16h40 - Richard Mosse apresenta a complexidade dos conflitos na República Democrática do Congo através da série “Infra” (em inglês - com tradução consecutiva)
  • 16h40 - 16h50 - Interação com o público
  • 16h50 - 18h30 - Intervalo para programação noturna
  • 18h30 - 19h10 - Hirosuke Kitamura apresenta um universo provocante e enigmático da série “Hidra”
  • 19h10 - 19h20 - Interação com o público
  • 19h20 - 19h30 - Intervalo
  • 19h30 - 20h10 - Betina Samaia apresenta a série “Amazônia - o fim do verde”
  • 20h10 - 20h20 - Interação com o público
  • 20h30 - Encerramento

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas