Flagrada em festa, Suzane Richthofen é levada de volta à prisão

brasil
22.12.2018, 16:42:00
Atualizado: 22.12.2018, 17:13:03
(Foto: Acervo Pessoal)

Flagrada em festa, Suzane Richthofen é levada de volta à prisão

Ela estava em Tremembé, e não na cidade que informou como residência

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Suzane von Richthofen foi levada de volta para a prisão depois de ser flagrada em uma festa na tarde deste sábado (22), em Taubaté, no interior de São Paulo, em meio à saída temporária de fim de ano - ela foi liberada hoje mais cedo e só retornaria, originalmente, em 3 de janeiro. 

Por descumprir as determinações da saída temporária, Suzane foi levada de volta para Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier. Ela não estava no endereço que informou à Vara de Execuções Criminais ao receber benefício - a determinação é o que preso deixe a cadeia e vá direto para a cidade em que registrou residência.

No caso de Suzane, ela deveria ter ido para Angatuba, segundo o G1, mas foi pra Taubaté. A presa saiu da penitenciária por volta de 8h10 de hoje, no horário de Brasília.

Essa tarde, a Polícia Militar recebeu uma denúncia de que Suzane estava em uma festa em Taubaté. No local, os PMs de fato localizaram a presa, em uma festa de casamento, e fizeram o flagrante.

Agora, a direção do presídio deve comunicar a infração de Suzane à Justiça, que vai decidir por uma penalidade e se ela perde a saída temporária atual ou não. Ela também pode receber outras punições, perdendo direito inclusive a outras saídas temporárias, benefício a que tem direito dez vezes por ano no regime semiaberto.

Essa é a segunda vez que Suzane von Richthofen comete uma infração na saída temporária. Em maio de 2016, ela deu um endereço falso às autoridades. Por conta disso, respondeu a um processo administrativo e teve que ficar em uma solitária.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas