Foodtech de Camila Farani é comprada por startup

estúdio correio
27.08.2021, 06:00:00
Atualizado: 27.08.2021, 14:52:40

Foodtech de Camila Farani é comprada por startup

OiMenu anuncia aquisição da concorrente Styme 

A Styme é uma foodtech que trabalha com a digitalização de cardápios em restaurantes, seu sistema oferece gerenciamento de fila e reserva de mesas. O aplicativo já conta com mais de 200 mil usuários ativos nas principais capitais do país. A empresa participou da quinta temporada do Shark Tank Brasil, onde ganhou um investimento de Camila Farani e Caio Castro que, em tempo recorde, fizeram uma M&A com a OiMenu e estipularam um faturamento próximo de 120 milhões de reais até 2026.

A startup, que possui sede em Santa Catarina, pretende chegar aos 26 estados do país até dezembro de 2021 e vai usar os recursos da Styme para otimizar seus serviços e crescer ainda mais. A empresa registrou um crescimento de 200% em relação ao mesmo período do ano anterior e, apenas neste ano, bateu a marca de mais de 5 milhões de pedidos por meio do seu serviço, movimentando, assim, 110 milhões de reais.

Camila Farani e seus sócios da Styme / Foto: divulgação 

Como citado acima, a Styme fez um M&A, ou seja, se fundiu ou teve alguma aquisição com outra empresa, no caso a OiMenu. O CEO e fundador da startup, Isaac Paes, a empresa tem como objetivo ao comprar a Styme, incorporar sua infraestrutura e garantir um sistema mais integrado com melhores soluções aos seus usuários. 

Com a fusão em uma única plataforma, os mais de 500 restaurantes que a OiMenu já atende terão acesso a muitas otimizações no gerenciamento de suas atividades. Como consequência de todo esse processo, os clientes também sentirão as melhorias, que terão a experiência de um autoatendimento cada vez menos complicado, simples e seguro.  

“Nossa missão é ajudar na digitalização dos restaurantes, potencializando os resultados dos seus negócios, e oferecendo soluções mais aderentes ao momento atual, que exige cuidado com as questões sanitárias”, diz Frederico Tonietto, fundador da Styme. 

Foco no mercado food service
De acordo com Isaac a incorporação da Styme é apenas o primeiro passo dentro de um ambicioso plano de aquisições, que tem como objetivo um investimento de 50 milhões de reais em novas fusões nos próximos dois anos. “A compra faz parte de um pacote de aquisições investidas pela FEBA Capital, com foco no mercado food service e empresas de tecnologia. O pacote tem como meta a integração de novos players aos nossos serviços”.

Fusão e Aquisição de startups para crescimento 
Com um plano tão massivo em novas incorporações, números expressivos, e com Camila Farani como nova sócia da empresa, o Yahoo e outros portais de notícias trouxeram essa informação em primeira mão, sobre a fusão das duas empresas e a união em uma única plataforma, revolucionando assim, o mercado nacional de foodtechs.   

A fusão trouxe benefícios importantes para a startup, como a absorção de diferentes investidores, como Camila Farani (investidora-anjo, referência de Venture Capital no Brasil e fundadora da G2 Capital) e o ator e empresário Caio Castro. Os fundadores da Styme farão parte do time da OiMenu, Frederico Tonietto assume o cargo de diretor de novos negócios e Luis Fernando Ribeiro será o novo diretor de operações. 

Esse tipo de investimento dentro do mercado food service no país acompanha a tendência mundial e busca democratizar as diferentes formas de pagamento por meio de tablets e aplicativos. Esse é um dos maiores gaps no setor de autoatendimento digital, que sofre com serviços caros, não intuitivos e que não disponibilizam ferramentas mais recentes, como o pix. 

Este conteúdo não reflete, nem total e nem parcialmente, a opinião do Jornal Correio e é de inteira responsabilidade do autor.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas