Forte de São Marcelo vai exigir cuidados extras para sediar réveillon

salvador
23.11.2020, 14:54:00
Atualizado: 23.11.2020, 15:01:44
Forte rea chamado de Umbigo da Bahia, por Jorge Amado (Marina Silva/Arquivo CORREIO)

Forte de São Marcelo vai exigir cuidados extras para sediar réveillon

Monumento do século XVII será palco para Ivete Sangalo e Gusttavo Lima

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um velho conhecido de Salvador vai ganhar protagonismo na próxima virada de ano. Construído em 1623 para proteger a cidade, o Forte de São Marcelo já serviu como depósito de pólvora, quartel militar, prisão, e, atualmente, é um centro cultural. Agora, será palco do Festival Virada Salvador 2021. O anúncio foi feito pela prefeitura, nesta segunda-feira (23).

O presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur), Isaac Edington, contou que a mudança do local da festa, da Arena Daniela Mercury, na Boca do Rio, para o Forte de São Marcelo, no Comércio, vai exigir cuidados redobrados na hora de montar e desmontar as estruturas.

“Em termos de complexidade posso dizer que é até mais complicado a gente poder fazer um evento nesse lugar belíssimo que é o Forte de São Marcelo. É um grande desafio logístico, afinal de contas ele é um ícone do patrimônio histórico. A gente tem que ter, ao mesmo tempo, uma preocupação com ele e fazer um show belíssimo. Então, todas as providências estão sendo tomadas”, afirmou.

Forte de São Marcelo no dia do evento (Foto: Divulgação)

Ele contou que a cidade também vai servir de cenário com alguns monumentos conhecidos sendo usados como pano de fundo, e citou como exemplos o Elevador Lacerda, o Mercado Modelo, e a muralha do frontispício.

O Forte de São Marcelo já foi descrito pelo escritor baiano Jorge Amado como o umbigo da Bahia. Ele é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), desde 1938, e integra o Conjunto de Fortificações do Brasil, sendo candidato a Patrimônio Mundial da Unesco.

Evento
O Festival Virada Salvador de 2021 terá apenas um dia de folia este ano. Durante 4h a cantora baiana Ivete Sangalo e o sertanejo Gusttavo Lima vão animar o público de forma virtual, uma realidade bastante diferente das 70h de música do ano passado. Não haverá público presencial, serão apenas os artistas e as equipes técnicas.

O público pode até tentar assistir ao show de embarcações na Baía de Todos-os-Santos, mas terá limitações que podem fazer valer mais a pena acompanhar pela televisão ou pelos canais oficiais da prefeitura. Quem explica é Isaac.

“A ideia desse show é de que ele seja acompanhando pelos veículos de comunicação. O fato de ter a queima de fogos no quebra mar, a única que podemos divulgar, já atraí algumas embarcações porque já é uma tradição acompanharem de longe. No caso do Forte será igual, elas não vão poder se aproximar, haverá barreiras físicas, e não terá som, porque a ideia do show é de que ele seja um cenário para a transmissão”, contou.

Em nota, a prefeitura informou que em relação ao público que pretende estar na Baía de Todos-os-Santos em embarcações no dia da Virada, será permitido acompanhar a queima de fogos, localizado no quebra-mar, desde que sejam respeitadas as regras estabelecidas pela capitania do Portos, seguindo o perímetro de segurança que será estabelecido, tanto para o quebra-mar quanto nas proximidades do Forte de São Marcelo, onde não serão permitidas embarcações dentro do perímetro.

“A Prefeitura ressalta ainda, que não será possível assistir ou ouvir o show, pois o posicionamento do palco no Forte em relação aos barcos não possibilita a  visão, bem como a sonorização do espetáculo que está voltada também para a transmissão e não haverá reverberação do som para fora do local (som típico de estúdio)”, diz a nota.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas