Ganhar ou ganhar! Na vice-lanterna, Vitória visita o Vasco na Série B

e.c. vitória
10.11.2021, 05:00:00
Após suspensão, Eduardo reforça o Vitória contra o Vasco (PIETRO CARPI / ECVITÓRIA)

Ganhar ou ganhar! Na vice-lanterna, Vitória visita o Vasco na Série B

Rubro-negro precisa vencer em São Januário para manter esperança de permanência na segunda divisão

É vencer ou vencer. Nenhum outro resultado interessa ao Vitória na noite desta quarta-feira (10), às 21h30, quando enfrenta o Vasco, em São Januário, no Rio de Janeiro. Na vice-lanterna da Série B, com apenas 34 pontos, o Leão precisa bater o rival pra manter viva a esperança de permanência na segunda divisão nacional. Atualmente, o risco de rebaixamento é de 97,7% de acordo com os matemáticos da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que estuda as probabilidades do futebol. 

“Esse jogo é importante. A gente precisa vencer para elevar as chances de permanência na Série B, para não levar os números para um lugar que a gente não consiga mais alcançar. Matematicamente, é um jogo muito importante, que a gente precisa vencer”, reforçou o técnico Wagner Lopes.

“Mas depende dos outros resultados. Se a tabela de baixo continuar sempre com os mesmos números, vai se prorrogando essa matemática. A gente espera um bom resultado, mas, se todo mundo não vencer, continua da mesma maneira”, completou o treinador.

É verdade, mas o problema é que, para o Vitória, nada adianta continuar da mesma maneira. Para escapar do rebaixamento nas quatro rodadas que restam do campeonato, o Leão precisa ultrapassar três adversários. 

Quem já não está preocupado com posicionamento ou pontuação é o Vasco. Adversária da vez do rubro-negro baiano, a equipe carioca não corre risco de rebaixamento e nem tem mais chance de acesso. O alvinegro é o 9º colocado, com 47 pontos. 

A esperança de subir para a Série A do time cruzmaltino se encerrou na rodada passada, quando sofreu um baque. Em São Januário, foi goleado pelo rival Botafogo por 4x0. Na opinião do técnico Wagner Lopes, o resultado anterior fará com que o Vasco queria mostrar reação diante do Vitória.  

“Antes do jogo contra o Botafogo, a gente procurou se preparar de duas formas. Se o Vasco ganha, ele viria motivado, com tudo para cima, para confirmar a possibilidade de acesso. Se perde, vem para dar a resposta, para buscar a vitória, fazer valer o tamanho da sua camisa. Em qualquer situação, a dificuldade vai ser grande. Nós fizemos uma boa preparação e cada jogador sabe da importância do jogo”, garantiu o treinador. 

Dono da quarta pior campanha como visitante da Série B, o Vitória venceu apenas duas partidas longe de Salvador. Em 4 de setembro, bateu o Operário, por 1x0, no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa. Depois, ganhou do Sampaio Corrêa pelo mesmo placar, no Castelão, em São Luís, em 12 de outubro.

Time desfalcado
Para a partida, Wagner Lopes não poderá contar com Bruno Oliveira, suspenso, e Hitalo, lesionado no joelho esquerdo. Autor do gol do empate em 1x1 com o Avaí, na Ressacada, na rodada passada, o atacante se machucou no último domingo durante o coletivo na Toca do Leão. Em compensação, o meia Eduardo está de volta ao time após cumprir suspensão e vai assumir a função de organizar o meio-campo. 

O Vasco, por sua vez, terá mudança na lateral esquerda, pois Riquelme volta ao time e assume a posição. Com isso, Zeca retorna para a posição de origem na lateral direita. Pressionado, o técnico Fernando Diniz não descarta fazer mais modificações na equipe, já que o time não vence há quatro rodadas e vem de três derrotas consecutivas. 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas